SSP ABRE INVESTIGAÇÃO SOBRE AMEAÇA DE MORTE A JAQUES WAGNER E LÍDICE DA MATA

Em nota, PM negou que homem identificado como autor da ameaça seja da corporação

O secretário da Segurança Pública, Maurício Telles Barbosa, já determinou a abertura de uma investigação sobre o que seria um plano para matar o governador Jaques Wagner e a senadora Lídice da Mata (PSB), segundo confirmou a assessoria da SSP.

O secretário recebeu uma ligação da senadora Lídice na manhã desta sexta-feira (6) informando que recebeu um email com uma ameaça de morte. A mensagem é de um homem que teria descoberto um esquema para matar a parlamentar e o governador Jaques Wagner.

Um ex-policial baiano que atualmente mora no Mato Grosso do Sul estaria sendo pago para executar a ação e matar os políticos, segundo a denúncia. Logo depois, a mensagem sobre a ameaça foi encaminhada ao secretário.

A mensagem já foi encaminhada para a Superintendência de Inteligência da SSP e a investigação será aberta. Ainda não há um delegado específico oficialmente designado para o caso, de acordo com a SSP. A polícia rastreou a origem do email.

ido à demanda judicial para conseguir a quebra da conta pessoal do autor do correio eletrônico, as investigações do caso deverão ser concluídas entre 15 e 30 dias.

A Polícia Militar negou em nota que a pessoa citada na denúncia como autor das ameaças tenha feito parte da corporação. “Não se trata de policial militar da PM-BA”, diz o texto.

(Correio)

COMPARTILHE