Ubatã: Câmara de vereadores “dá calote” em loja de móveis

moveis ubatã

Funcionários da Rigaud Móveis foram à Câmara Municipal de Ubatã na manhã desta sexta-feira (24) e retiraram diversos móveis do estabelecimento, isso porque, segundo Nalvinha Rigaud, ex-vereadora e proprietária do estabelecimento comercial, o legislativo ubatense comprou móveis, mas não realizou o pagamento. A Empresa alega o débito no valor de R$ 3.700,00, que foram usados na aquisição de mesas, cadeiras, estantes e outros móveis. Segundo a Rigaud, a compra foi realizada em junho de 2012 e até o momento não foi paga. Ainda de acordo com a empresa, por diversas vezes foi tentado um acordo, mas não houve consenso. Já a Câmara Municipal de Ubatã dá uma versão diferente. Segundo fontes do legislativo, os móveis foram adquiridos em setembro, e não em junho. Além disso, a empresa responsável por vender os móveis não teria as certidões negativas de débito e outras documentações necessárias para a efetivação do pagamento. Além do desgaste e da saia justa, problema político à vista. (Ubatã Notícias)

COMPARTILHE