Ubatã: Câmara rejeita pedido de afastamento de presidente da Casa
Foto: Noticias de Ubatã.

Nino Maragon (PDT) I Foto: Noticias de Ubatã.

A Câmara Municipal de Ubatã rejeitou, na manhã desta quinta-feira (20), um pedido de afastamento, por 90 dias, do presidente do legislativo ubatense, Jaquison Mendes, o Nino Maragon (PDT) por supostas irregularidades na presidência da Casa. O pedido, protocolado pelo vereador Gabriel Nascif (PT), que ainda solicitava ainda a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Na solicitação, Gabriel alegava indícios fortíssimos de desvios de verbas públicas em locação de veículo, superfaturamento, contratação irregular de funcionários. O edil ainda lembrou o episódio em que uma empresa retirou os móveis da Câmara por falta de pagamento. Votaram a favor do afastamento apenas os vereadores Carlinho Diplomata (PR) e Zé Silva (PTB). Joida Silva se absteve da votação. Nino Maragon e Gabriel Nascif não votaram, impedidos pelo Regimento Interno da Câmara por serem partes interessadas na matéria. Os vereadores Wellington Pulu (PMDB), Juliano Silva (PPS), Tarcísio Muniz (PcdoB), Pierre Rigaud (PSDB) e Fernando Fernades (PR) votaram contra o afastamento e também a instrauração de CPI. A sessão foi a primeira do legislativo após o recesso parlamentar e também a primeira após a climatização da Câmara. Tempo quente. (Ubatã Notícias).

COMPARTILHE