Ubatã: Homem confessa que matou a facão por ter sido traído

10574559_341431486012159_126239806_o-e1406899687687

O ubatense Cristiano Santana dos Santos, de 29 anos, batizado de ‘maníaco do facão’, confessou, em depoimento à Polícia Civil, ter matado, no dia 20 de julho, Elisvaldo Brito dos Santos, de 30 anos, morador do barreiro. Elisvaldo teve o rosto desfigurado por golpes de facão, num crime que chocou a comunidade ubatense. Elisvaldo, segundo Cristiano, estaria mantendo uma relação extraconjugal com sua esposa. Cristiano deu detalhes do crime e afirmou que após descobrir a traição armou uma tocaia para vítima, quando desferiu diversos golpes de facão, que atingiram sobretudo a face de Elisvaldo. Cristiano acabou preso numa operação da Polícia Civil de Ubatã coordenada pelo Delegado Adelino Loyola, que contou com o apoio de investigadores da 7ª Corpin/Ilhéus. Cristiano, que foi em sua residência, no Bairro Londrina, continua custodiado no Complexo Policial de Ubatã.

COMPARTILHE