Ubatã: Homem é condenado a 17 anos de prisão pelo crime de feminicídio

003

O ubatense Joilson José Loca Silva, de 30 anos, foi condenado, em Júri Popular realizado na última terça-feira (23), no Fórum Clériston Andrade, em Ubatã, a 17 anos e 03 meses pelo crime de feminicídio, que é o crime cometido contra mulheres. Joilson foi acusado de matar, a facadas, no dia 25 de abril de 2015, a sua companheira, identificada como Antônio Lúcia Teixeira Neves. À época, a frieza do assassino chamou a atenção até mesmo dos policiais. No julgamento, que durou quase todo o dia, a Juíza Mariana Ferreira Spina sentenciou o acusado a cumprir a pena em regime inicialmente fechado. Joilson deve cumprir pena no presídio de Itabuna. (Ubatã Notícias)

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE