Ubatã: Homem que matou a mãe é amarrado, torturado e depois assassinado
expresidiario_morto_ubata

Kinho foi encontrado com perfurações e sinais de tortura (Foto: Ubaitaba Urgente)

Um homem identificado apenas pelo prenome de Kinho, idade ignorada, foi encontrado morto no final da tarde desta quarta-feira (14) no fundo do quintal de uma residência da rua da Várzea, em Ubatã. Segundo informações da Polícia, populares avistaram o corpo e acionaram a PM, que se deslocou até o local e encontrou Kinho, que estava com pés e mãos amordaçadas e com sinais de tortura. No corpo da vítima havia diversas perfurações, provavelmente ocasionadas por armas de fogo. Kinho, que já cumpriu pena sob acusação de ter assassinado a própria mãe e deixou o presídio há poucos meses, era apontado como um dos líderes do tráfico na Várzea. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jequié foi acionado e realizará o levantamento cadavérico. Com os dois homicídios ocorridos nesta quarta, Ubatã já contabiliza 10 assassinatos em 2015. Em tempo, o delegado Adelino Loyola, da Delegacia Territorial de Ubatã, investiga o crime. (Ubatã Notícias).

COMPARTILHE