BOLSONARISTA, PREFEITO DE URUÇUCA DIZ QUE PRESIDENTE É PÉSSIMO EXEMPLO CONTRA A COVID-19

Foto: Reprodução

Moacyr Leite Júnior está no segundo mandato como prefeito de Uruçuca, no sul da Bahia. O pequeno município tem das mais altas taxas de letalidade do novo coronavírus (Covid-19) no país. Oficialmente, Uruçuca registrava 140 casos confirmados da doença e 13 mortes causadas pelo vírus até a noite deste domingo (7). Na eleição de 2018, o político do DEM foi dos poucos prefeitos da Bahia a apoiar o presidente Jair Bolsonaro. Fez campanha aguerrida pelo então político do PSL.

Hoje, Moacyr não poupa críticas ao presidente da República quando o assunto é distanciamento social contra a covid-19. – É difícil pra gente, aqui na base, obrigar o cidadão a usar máscara, porque o exemplo está aí, na TV, na mídia, o presidente aglomerando pessoas, sem utilizar [máscara]. Ele abraça todo mundo, é um péssimo exemplo que vem de cima – disse ele durante uma live com o repórter Francis Juliano, do Bahia Notícias.

Moacyr observa que o Brasil não pode se posicionar contra a ciência e enumerou países que adotaram o isolamento como método para conter o avanço do coronavírus, a exemplo dos Estados Unidos. E alertou para a gravidade da covid-19: “É um problema muito sério, grave. Esse vírus mata mesmo”. Na semana passada, o prefeito decretou confinamento total da população (lockdown) por cinco dias, a partir da próxima quinta (11).

COMPARTILHE