Uruçuca: Detento ‘recusa’ resgate, é baleado, e some após deixar hospital, diz polícia

preso_resgatado_delegacia_urucucaUm homem, identificado como Judá Macedo dos Santos, vulgo “Daí”, que estava preso na carceragem de Uruçuca, foi resgatado por dois homens armados na madrugada desta sexta-feira (20). A informação é da delegacia de polícia local, que informa também que o detento teria se recusado a deixar a unidade, mas foi forçado a sair do prédio. “Ele foi preso ontem [quinta-feira] por tráfico de drogas. Hoje, por volta das 2h, chegaram dois homens armados no prédio. Eles renderam e trancaram o carcereiro. Foram até a cela dele [detento], que se recusou a sair, mas pegaram ele a força e saíram com ele”, informou um investigador de polícia, que prefere não se identificar. Segundo a delegacia de Uruçuca, o preso foi baleado após deixar a carceragem com os dois homens. “O carcereiro disse que ouviu três disparos do lado de fora. Parece que ele [detento] se desvencilhou dos caras, mas foi baleado de raspão. Ele foi sozinho para o posto de saúde daqui e depois foi levado de ambulância para um hospital em Ilhéus. Depois de ser atendido lá ele assinou um termo de responsabilidade e deixou o hospital “, relata o policial. A polícia trabalha com a possibilidade de tentativa de execução. De acordo com a delegacia, cinco pessoas estavam presas no momento em que o homem foi resgatado. Ele foi o único detento retirado da unidade pelos bandidos. “Ele [preso] deve a muita gente”, acrescenta o investigador. Até por volta das 14h desta sexta-feira o homem não havia sido localizado. Os suspeitos do resgate também não foram identificados. (G1)

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE