URUÇUCA: PREFEITO É ACUSADO DE ABANDONAR SERVIÇOS ESSENCIAIS À COMUNIDADE

Não é novidade: prefeitos que tentaram a reeleição e deram com os burros n’água acabaram abandonando os municípios que deveriam governar até o final de dezembro. Mas em Uruçuca o desleixo de quem não se conformou com a derrota acabou provocando a instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) na Câmara de Vereadores. Por 6 votos a 2, o legislativo aprovou a CEI para apurar denúncias de que o prefeito Moacyr Leite (PP) demitiu médicos e enfermeiros das unidades de saúde, as quais também se encontram sem remédios e material para curativo. O prefeito é ainda acusado de tirar professores das salas de aula, suspender o fornecimento de merenda a algumas escolas, além de interromper parcialmente o serviço de transporte escolar. A investigação dessas irregularidades foi determinada a partir de representação encaminhada à Câmara e ao Ministério Público pela professora Rita de Cássia Marcelina, diretora do núcleo da APLB/Sindicato em Uruçuca.

Fonte: Pimenta

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE