Ataque em SP vitimou cinco estudantes, duas funcionarias da escola e o dono de uma loja de carros usados
Luiz Henrique de Castro, tinha 25 anos, e Guilherme Taucci Monteiro, 17

Atiradores: Luiz Henrique de Castro, tinha 25 anos, e Guilherme Taucci, 17

Cinco adolescentes e três adultos morreram em decorrência do ataque a tiros em Suzano, cidade na região metropolitana de São Paulo, na manhã desta quarta-feira, 13. Os atiradores Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, primeiro passaram por uma revendedora de carros usados de um tio de Guilherme, Jorge Antonio de Moraes, a primeira vítima da dupla. Em seguida, eles se dirigiram à Escola Estadual Raul Brasil, onde abriam fogo, vitimando cinco alunos, a coordenadora pedagógica e a inspetora da instituição de ensino.

Samuel, Caio, Kaio, Claiton, Douglas, Marilena e Eliana || Foto: Facebook

Samuel, Caio, Kaio, Claiton, Douglas, Marilena e Eliana || Foto: Facebook

Depois, segundo a polícia, Guilherme atirou em Castro e depois se matou – a dupla tinha apenas um revólver, calibre 38, que estava com Guilherme. Outras nove pessoas ficaram feridas e estão hospitalizadas em três unidades de saúde da região. Mais cedo, a polícia chegou a divulgar, erroneamente, que estavam entre os mortos os alunos João Vitor Ramos Lemos e Pablo Henrique Rodrigues, mas depois corrigiu as informações. Leia matéria completa no site da Veja

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE