ACIDENTE NA BR-116 MATA SETE PESSOAS E DEIXA DUAS FERIDAS
Todos os mortos ficaram carbonizados e presos às ferragens.

Todos os mortos ficaram carbonizados e presos às ferragens.

Um grave acidente deixou sete pessoas mortas e duas ficaram feridas durante uma batida frontal entre um caminhão e um carro de passeio, na BR-116, altura da cidade de Itatim. O acidente aconteceu por volta da meia noite e deixou seis pessoas da mesma família mortas. A matriarca Miraci Silva Guedes; o filho Silvestre Silva Guedes; os netos Alan e Alana Paixão Guedes; a ex-nora identificada como Joanice e uma recém-nascida de nome Laura.

A sétima vítima foi identificada apenas como Mateus. Ele é filho de Ademir Dias Aragão, o vereador Zenga, que faleceu há menos de um mês, no dia 18 de outubro, vítima de câncer. Todas as vítimas estavam num carro de passeio – um veículo gol. Já as duas pessoas que estavam no caminhão ficaram apenas feridas. Não há informação dos seus nomes ou estado de saúde. “Não sei te informar como esse choque ocorreu.

Seis das sete vítimas eram da mesma família.

Seis das sete vítimas eram da mesma família.

Eu mesmo não tive coragem de ir até o local do acidente. Ainda nem temos previsão de quanto o enterro vai acontecer”, disse Oslan Silva Guedes, que perdeu no acidente a mãe, dois filhos a ex-mulher e o irmão. O grupo estava na sede de Iaçu e se dirigia a sua casa, localizada no povoado do município chamado Lajedo Alto, quando o acidente aconteceu. “A família e a cidade estão abaladas devido a essa situação.

A cidade é pequena e todo mundo é família, todo mundo se conhece, acabamos sofrendo juntos”, explicou Oslan, que é popularmente conhecido como Lanzinho. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o acidente ocorreu no Km-538 da BR-116. Todos os mortos ficaram carbonizados e presos às ferragens. Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Com informações do CORREIO

COMPARTILHE