ADOLESCENTE DE 17 ANOS É ENCONTRADA MORTA EM RIO COM PEDRA AMARRADA NO PESCOÇO
A menina estava com uma pedra amarrada no pescoço

A menina estava com uma pedra amarrada no pescoço.

O corpo de uma jovem de 17 anos que estava desaparecida desde o último domingo (25), foi encontrado na quarta-feira (28), às margens do Rio Jucuruçu, na cidade de Prado, no Extremo Sul baiano. A menina estava com uma pedra amarrada no pescoço e com marcas de perfurações pelo corpo. De acordo com a Polícia Civil, ainda não há informações sobre a autoria e a motivação do crime.

Conforme divulgou o Portal G1, no momento em que a menina foi dada como desaparecida, ela estava acompanhada de uma amiga, também menor de idade. A jovem de 16 anos segue desaparecida. A Polícia Civil informou que  algumas pessoas já foram ouvidas, mas ainda não há conclusões. O delegado responsável pelo caso, Cléber Gonçalves, revelou que a jovem morava com a avó.

“Ela era usuária de drogas e estava sumida desde a domingo, quando saiu da casa da avó. Ela estava com outra menina, identificada como Isadora, de 16 anos, que não sabemos se foi morta, pois está desaparecida”, disse.  O delegado informou ainda que os familiares da segunda adolescente também foram ouvidos mas disseram não saber se a jovem fazia uso de drogas e se tinha dívidas ou recebia ameaças. O  caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial de Prado.

COMPARTILHE