FILHO DE JUIZ QUE MATOU UNIVERSITÁRIA EM CACHOEIRA É PRESO EM FEIRA DE SANTANA
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

José Alexandre Passos Góes Silva, 34 anos, assassino da estudante Elitânia de Souza da Hora, 25, teve o mandado de prisão por feminicídio cumprido pela Polícia Civil, na tarde desta sexta-feira (29). A informação foi revelada pelo delegado João Matheus, titular da Delegacia Territorial (DT), de Cachoeira, responsável pela investigação do crime. Acompanhado de um advogado, Alexandre, que é filho de um juiz aposentado, apresentou-se espontaneamente, por volta das 13h30 desta sexta (29) em uma delegacia de Feira de Santana. De acordo com o delegado, Alexandre foi encaminhado para o presídio regional de Feira de Santana. O acusado ainda foi interrogado por João Matheus na cidade. Elitânia foi baleada quando chegava em casa, por volta das 22h40, no bairro Currais Velhos, em Cachoeira.

Alexandre não aceitava o fim da relação e fugiu do local após o crime. Equipes da DT/Cachoeira ouviram testemunhas e realizaram buscas, no intuito de localizar o criminoso. O delegado afirmou que Alexandre não tinha antecedentes criminais, mas que estava importunando Elitânia antes de cometer o crime. A estudante já havia informado o fato à polícia de Cachoeira. O casal havia se separado há cerca de sete meses e chegou a morar juntos por aproximadamente um ano em São Félix, segundo o delegado. A universitária era estudante do 7º semestre do curso de Serviço Social e foi assassinada às 22h50 desta quarta-feira (27), após deixar a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). (Informações: CORREIO)

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE