Maraú: Pré-candidato a vereador é preso por suspeita de roubo a lotérica

Um pré-candidato a vereador, no município de Maraú, no Sul baiano, foi preso na manhã desta quarta-feira, 9, durante operação conjunta das polícias Civil e Militar. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), pré-candidato, que não teve identidade revelada, tinha mandado de prisão preventiva com suspeita de envolvimento com o roubo contra uma casa lotérica, no dia 26 de junho deste ano, na cidade de Camamu.

A investigação, conduzida pela Delegacia Territorial (DT) de Camamu, descobriu que o pré-candidato, em conjunto com outros oito homens que já estão presos, renderam o gerente da lotérica e sua esposa, no dia 26 de junho. Parte do grupo ficou em uma residência ameaçando matar a mulher, enquanto o restante foi até o estabelecimento roubar os valores dos caixas.

Um detento, custodiado no Complexo Penitenciário de Mata Escura, também é apontado com integrante da organização criminosa. Ainda segundo a SSP-BA, o pré-candidato a vereador foi localizado por equipes das polícias Civil (DT/Maraú) e das Rondas Especiais (Rondesp) Sul. Após depoimento inicial e exames, o suspeito será encaminhado para a cidade de Camamu.

COMPARTILHE