SANTA LUZIA: HOMEM MATA CASAL POR DIVIDA DE R$ 30 REAIS
Eugênio foi preso por ter matado o casal por divida de R$ 30 reais.

Eugênio foi preso por ter matado o casal por divida de R$ 30 reais.

Eugênio Novaes da Silva, 39 anos, foi preso e apresentado na Delegacia de Polícia de S. Luzia e, posteriormente, transferido para o Conjunto Penal de Itabuna na manhã do último domingo (30). Ele confessou ter assassinado o casal Juscelino da Silva, 65 anos, e Maria de Lourdes Santos da Silva, 55, com um golpes de facão. Eugênio disse que agiu por causa de uma dívida de R$ 30. As vítimas, segundo o assassino, não pagaram tudo o que lhe deviam por uma colheita de café, realizada em 2018.  Segundo informações policiais, Eugênio recebeu todo o pagamento acordado, mas colocou na cabeça que deveria receber 30 reais a mais pelo serviço.

Casal foi morto por dever R$ 30 reais.

Casal foi morto por dever R$ 30 reais.

O criminoso já havia sido preso por práticas delituosas em Ituberá e região de Jequié, inclusive outros dois assassinatos podem ter sido praticados por ele. Eugênio deve responder ao inquérito policial preso e, posteriormente, deve ir à júri popular. O duplo homicídio ocorreu na Fazenda Bom Sossego, zona rural de Santa Luzia, na madrugada do dia 28 de agosto deste ano.  Juscelino, que nasceu em Potiraguá, morreu no local. Já Maria de Lourdes Santos da Silva, natural de Itarantim, sofreu lesões gravíssimas e ainda foi levada com vida para o Hospital de Base de Itabuna, onde morreu na tarde de domingo. Ela foi sepultado na manhã desta segunda-feira (31). Com informações do Blog Paulo José

COMPARTILHE