APÓS ATACAR TOQUE DE RECOLHER, BOLSONARO SE REÚNE COM GOVERNADORES QUE ADOTARAM A MEDIDA
Foto: Evaristo/Sá/AFP)

Foto: Evaristo/Sá/AFP)

Em uma suposta tentativa de união nacional, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai se encontrar nesta quarta-feira (24) com um grupo de governadores, algo inédito nos últimos 300 dias. Crítico do toque de recolher, ele se reúne com líderes de regiões que adotaram a medida e outras restrições mais rigorosas. Segundo o coordenador do Fórum de Governadores, Wellington Dias (PP-PI), ficou combinado que os participantes levarão a Bolsonaro uma série de demandas.  Medidas restritivas para todo o país estarão na lista. Dias não foi convidado e não estará presente, segundo a coluna Painel, da Folha de S.Paulo. No grupo que irá ao Palácio do Planalto nesta quarta, 6 dos 7 governadores são alinhados ao presidente. Apenas Renan Filho (MDB-AL) destoa, mas não tem tido conflitos públicos com Bolsonaro.

COMPARTILHE