Delator diz que não participou da escolha do codinome “Feia” para Lídice

Lídice da Mata (PSB) I Foto: Reprodução

A delação de ex-executivos da Odebrecht traz mais do que informações sobre propina e Caixa 2, mas também notícias sobre como surgiram os codinomes dos políticos envolvidos na investigação. A senadora Lídice da Mata, por exemplo, era chamada de “Feia” no setor de propinas da Odebrecht. De acordo com o delator José Carvalho, ele não teve nenhuma participação na escolha do apelido. “Queria dizer que eu não tenho nenhuma participação nesse codinome”, disse à PGR. Vale lembrar que Lídice é acusada de ter recebido R$ 200 mil da empreiteira.

COMPARTILHE