EX-PRESIDENTE FHC ACREDITA QUE O PAÍS VIVE MOMENTO DE TRANSIÇÃO PERIGOSO
Foto: Bruno Santos/Folhapress

Foto: Bruno Santos/Folhapress

O ex-presidente do Fernando Henrique Cardoso, disse que “o Brasil vive um momento de transição perigoso”, além de fazer críticas ao a uma percepção “punitiva” do poder público diante da criminalidade no país. FHC participou de debate com advogados  além do ex-diretor da Secretaria Nacional de Políticas de Drogas do Ministério da Justiça Leon Garcia, nesta quarta-feira (29). “Infelizmente, no Brasil, está prevalecendo a ideia de que criminoso bom é criminoso morto”, comentou o ex-presidente em encontro organizado na capital paulista pela fundação que leva seu nome, em conjunto com o Instituto Igarapé, segundo o Estadão. Fernando Henrique ainda disse que um foco mais efetivo no combate ao crime organizado no lugar de uma “perseguição” aos usuários de drogas como a maconha, seria mais efetivo. “A atitude punitiva que estamos tomando é contraproducente”, completou. Com relação ao Supremo Tribunal Federal, FHC disse esperar um posicionamento mais “adequado” em relação a discurssão das drogas.”Dizer que quem defende a regulamentação defende o uso de drogas? Não, ninguém em sã consciência defende o uso de drogas”, acrescentou o ex-presidente. (Redação: Bahia Notícias)

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE