FACÇÃO CRIMINOSA PROMETEU R$ 1 MILHÃO PELA EXECUÇÃO DO GOVERNADOR DO CEARÁ
Camilo Santana (PT) II Foto: Reprodução

Camilo Santana (PT) II Foto: Reprodução

Uma investigação da Polícia Federal revelou que o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), era um dos alvos de uma facção criminosa que aterrorizou o estado em setembro do ano passado. Os criminosos colocaram o governador em uma lista de alvos prometendo uma recompensa de R$ 1 milhão para quem o matasse. Outras autoridades estavam na lista, como o secretário de Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque. A PF só descobriu a ação dos integrantes da facção porque acessou os dados do celular de um dos principais chefes do grupo.

COMPARTILHE