FORAGIDA, MULHER DE QUEIROZ PODE ENTRAR NA MIRA DA INTERPOL, DIZ COLUNA

Foto: Reprodução/Youtube

Caso não se entregue à polícia nesta sexta-feira (19), Márcia Oliveira de Aguiar, mulher de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, terá seu nome enviado à Interpol. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

O casal e o senador são investigados pelo esquema da rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio. Queiroz foi preso em Atibaia, no interior de São Paulo, na manhã de quinta-feira (18).

COMPARTILHE