POLÍTICOS: Deputados estão no lixo, diz parlamentar baiano em discurso na Câmara

O deputado federal baiano João Gualberto (PSDB) fez um discurso, na tarde desta quarta-feira (3), de autorreflexão. O tucano afirmou que a entidade em que o brasileiro mais confia atualmente é Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras. No entanto, o parlamentar ressaltou que os comentários mais recentes apontam para a movimentação de alguns setores do Judiciário querendo prejudicar a Lava Jato. Gualberto citou a soltura de José Dirceu e disse que tal ato seria “exatamente para não acontecer a delação do [Antônio] Palocci”. Em seu discurso para os colegas, o tucano disse que não viu nenhuma manifestação de repúdio ao gesto dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). “Meus caros colegas, todos nós sabemos a situação em que nós estamos perante a opinião pública brasileira. Os deputados, senadores e outros políticos hoje não valem nada! A população não acredita em nós, ou alguém tem dúvida disso?”, questionou. O parlamentar baiano também relacionou o papel dos legisladores diante das reformas discutidas no Congresso Nacional. “Muitos estão preocupados em não votar tal reforma, porque acham que vão perder voto, mesmo que ela seja importante para o Brasil. Mas eu quero só fazer um parêntese: realmente está muito difícil para a população aceitar determinadas reformas, porque elas serão feitas por estes deputados e senadores, em que a população não confia mais. Não temos credibilidade. Os deputados estão no lixo! A verdade é essa”, desabafou. “Temos que reagir, mas é trabalhando, e não com esses discursos demagogos que existem aqui. Ninguém aguenta mais discurso de políticos, porque a maioria esmagadora são mentirosos (sic). Fazem discursos mentirosos, discursos para plateias, discursos talvez para conseguirem voto. Está na hora de mudar esta Casa. Não é possível! Eu sei que aqui há pessoas honestas, há pessoas sérias. São poucos, mas há. Temos que mudar a cara deste Brasil. Não é possível continuar desse jeito”, disse o tucano, para completar: “Talvez algum deputado esteja me olhando feio, porque não está gostando do que estou falando, mas esse é o sentimento da população em relação a todos os políticos”.

COMPARTILHE