Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Presidente Bolsonaro corrige fala sobre a Covid-19

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, em encontro com apoiadores, que errou ao dizer que o Tribunal de Contas da União possuía um relatório questionando o número de mortes por coronavírus. Afirmou que os dados são do TCU, mas quem fez o levantamento foi ele. No entanto, questionou os governadores.

Bolsonaro explicou que, entre os critérios para a distribuição de verbas do governo federal, está a incidência de covid nas regiões. O presidente afirmou que há “fortes indícios” de que este critério vem sendo usado pelos estados para “supernotificar” o número de mortes pela doença.

“O próprio TCU dizia o que? Que a lei poderia incentivar uma prática não desejável da supernotificação de Covid para o estado ter mais recursos. A tabela, porém, quem fez fui eu, não foi o TCU. A imprensa usa para falar que eu fui desmentido, mas não tem problema”.

“Em cima disso, para justificar tudo, por parte de alguns estados, os lockdowns e as políticas de ‘fechar tudo’. O que a gente vai fazer agora? Estava conversando com o Advogado-geral da União (André Mendonça), que veio tomar café comigo aqui. O que o governo pode fazer? Via CGU, irá fazer uma investigação em cima disso aí”. (Com informações do A Região)

COMPARTILHE

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

Deixe uma resposta

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do UBAITABA URGENTE. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.