Presidente do STJ manda soltar Beto Richa
Foto : Divulgação/Twitter

Foto : Divulgação/Twitter

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou hoje (31) a soltura do ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), que estava preso desde a última sexta-feira (25). Na manhã, juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba, havia decidido transferir o tucano para o Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba “para garantir a efetividade da ordem de prisão preventiva”. A decisão que soltou o ex-governador foi determinada pelo ministro João Otávio de Noronha, presidente do STJ. Ele atendeu a um pedido de liminar protocolado pela defesa.

Noronha ainda expediu um salvo-conduto ao ex-governador e ao irmão dele. Os dois não podem mais ser presos cautelarmente na Operação Integração II. Richa é suspeito de ter recebido cerca de R$ 2,7 milhões em propina em um esquema de corrupção envolvendo as concessionárias de rodovias federais no Paraná. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), foram desviados R$ 8,4 bilhões de obras rodoviárias e concessões do Anel de Integração no Paraná.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE