PT critica apoio de Bolsonaro e Trump a Juan Guaidó na Venezuela
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O reconhecimento do líder da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, como novo presidente da Venezuela por parte dos chefes de Estado dos EUA, Donald Trump, e do Brasil, Jair Bolsonaro, foi condenado pela presidente nacional do PT, senadora e deputada federal eleita Gleisi Hoffmann (PR). Na tarde de hoje (23), Gleisi afirmou que o apoio interfere na soberania e na autodeterminação da nação. “Acho mais grave ainda o governo brasileiro se posicionar favorável porque isso leva a uma intervenção, uma intervenção desse tipo, para ser realizada, vai levar à força bruta.

Isso quer dizer que o presidente Bolsonaro vai enviar tropas brasileiras para Venezuela? Com que dinheiro? Colocando em risco a vida dos brasileiros?”, questionou. Gleisi ainda criticou a condução da política externa no governo Bolsonaro. “Não se faz política externa de forma ideológica. Você pode ter crítica, ser oposição, falar que não concorda com a política de determinado país, mas você tem de respeitar a soberania. A soberania é inerente aos países. O país é soberano sobre seu território, seu povo, seus processos”, disse. Conteúdo reproduzido do Metro 1

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE