SEM FORÇAS NO GOVERNO APÓS DIVULGAÇÃO DE ATAQUES AO STF, WEINTRAUB DEVE PEDIR DEMISSÃO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Foto: Arquivo/ Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, deve pedir demissão até o fim desta semana. A informação é do colunista da Veja, Robson Bonin. Segundo ele, a última polêmica com o Supremo Tribunal Federal (STF) teria feito com que o aliado do presidente Jair Bolsonaro perdesse força no governo.

Weintraub se referiu aos ministros como vagabundos durante a reunião interministerial que teve o vídeo divulgado pela Justiça. Como tem buscado um momento de trégua com os demais poderes, Bolsonaro teria aceitado a saída do ministro, um dos seus maiores defensores.

Dentre os diversos críticos da postura de Weintraub está o presidente do Congresso, o senador Davi Alcolumbre. Segundo a coluna Radar, ele avisou a Bolsonaro que as declarações do ministro minaram a capacidade de atuação política do ministro com o Parlamento, o que prejudicaria o avanço de pautas do governo para a área da Educação junto aos deputados e senadores.

COMPARTILHE