Suplente de deputado preso no RJ também está na cadeia e não pode assumir
Foto : Rafael Wallace/Alerj/Divulgação

Foto : Rafael Wallace/Alerj/Divulgação

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) discute a aprovação de um projeto de lei que permitiria a posse imediata de suplentes no lugar dos deputados presos.  No entanto, em um dos casos, o suplente não pode assumir: O reserva de Anderson Alexandre (SD), preso por suspeita de corrupção e fraude em licitações, é Coronel Jairo (SD), que também está atrás das grades. De acordo com o site G1, Coronel Jairo era deputado estadual e foi preso no exercício do mandato na Operação Furna da Onça.

Ele é suspeito de receber uma mesada de R$ 50 mil da organização criminosa liderada pelo ex-governador Sérgio Cabral (MDB). Anderson, o titular do mandato, é suspeito de receber propina de empresários em obras públicas. Atualmente, a Alerj trabalha com apenas 64 dos 70 deputados. Seis estão presos e três pediram para serem empossados mesmo detidos.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE