APLB/Ubaitaba realiza Seminário para debater a ‘Reforma da Previdência’

A APLB-Sindicato de Ubaitaba realizou no dia 17 de março um seminário para debater a Reforma da Previdência e os impactos na vida dos trabalhadores brasileiros. O seminário contou com a participação de educadores, alunos, representante da Câmara Legislativa e assentados da reforma agrária. O seminário teve como palestrantes o professor e advogado Joel Câmara, o presidente do Sindicato dos Bancários Ilhéus – Rodrigo Cardoso, o Presidente da CTB – Central dos Trabalhadores do Brasil na Bahia, Aurino Pedreira e a Deputada Federal Alice Portugal. A Coordenadora da APLB Sindicato de Ubaitaba, Jorquelia Botelho, falou da importância da categoria e da comunidade em geral estar atenta e unida para acompanhar a tramitação dessa proposta de emenda constitucional na Câmara Federal, realizando movimentos para evitar que essa PEC seja aprovada tendo em vista os prejuízos que teremos enquanto trabalhadores e trabalhadoras, pois ela castigará a classe trabalhadora, os mais pobres do país, principalmente mulheres, educadores e trabalhadores rurais, patrocinando o desmonte da previdência pública.

O professor Joel Câmara e o Sr. Rodrigo Cardoso fizeram uma abordagem sobre a Conjuntura político, educacional e econômica que o Brasil está passando e os desdobramentos na vida do povo brasileiro. A líder do PCdoB na Câmara, deputada Alice Portugal, criticou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, que altera as regras atuais para o recebimento da aposentadoria.  A deputada conversou com os trabalhadores e estudantes presentes sobre o que está por trás desta reforma que foi proposta por um governo ilegítimo e sem voto. Para a deputada, trata-se de um ataque cruel às conquistas que o povo brasileiro alcançou com enorme sacrifício e que é preciso a mobilização de todos para conseguir barrar este retrocesso., e finalizou sua participação parabenizando a iniciativa da caminhada contra a reforma da previdência realizada em Ubaitaba e em todos os lugares do Brasil dizendo: “Se nós nos levantarmos, nós iremos derrotar esta proposta e se conseguirmos derrotar, a gente abre o caminho luminoso para não permitir que o golpe dure os anos que o outro golpe durou em nosso país.

Não vamos permitir que o Congresso aprove esta reforma injusta”. Aurino Pedreira falou sobre a Reforma Trabalhista que também está tramitando na Câmara e que vai destruir os direitos dos trabalhadores e fez um alerta para ficarmos atentos à aprovação das mudanças na CLT, pois não será emenda constitucional e por tanto não necessitará de muitos votos para ser aprovada, apenas maioria simples no congresso poderá alterar a atual lei trabalhista. A coordenação do evento agradece a presença de todos e todas que participaram efetivamente de mais esse momento de aprendizado promovido pela APLB sindicato na busca de entender mais e melhor o que está acontecendo no cenário nacional e que vai impactar diretamente as nossas vidas. (Ubaitaba Urgente)

COMPARTILHE