CEOMG realiza palestra sobre Reformas Trabalhista e Previdenciária

Nos dias 01 e 02 de junho, ocorreu no Auditório do Colégio Estadual Octacílio Manoel Gomes, uma palestra proferida pelo Professor MSc. Augusto Sérgio Vasconcelos de Oliveira, presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia e professor da UNEB, intitulada: Reforma Trabalhista, Reforma da Previdência e a Atual Conjuntura Política Brasileira, tema de grande importância na atualidade para adolescentes, jovens e adultos no sentido de trazer à luz temas tão discutidos e pouco esclarecidos atualmente. Tendo em vista a missão de nossa escola que é a formação para a cidadania, a proposta de discutir temas que perpassam por direitos, política, seguridade social, trouxemos à luz de nossa comunidade, as Reformas propostas pelo Governo Federal e que a nosso ver, não se adequam à realidade brasileira, pois fere em grande parte os direitos conquistados a partir de diversas lutas de gerações, e que são garantidos por nossa Constituição, além de não respeitar categorias e aspectos regionais, sendo avaliadas por diversos especialistas como grandes e graves aprofundadoras de desigualdades sociais.


O professor Augusto afirmou que estas reformas representam um verdadeiro desmonte de direitos conquistados ao longo de quase cem anos por trabalhadoras e trabalhadores de nosso país e destacou o papel desempenhado por grande parte da mídia em tentar fazer com o povo seja convencido de que isso é bom, de que as reformas são necessárias, sem tocar no fato de que alguns setores ficaram de fora delas. Além de este setor representar grande parte da sonegação de impostos e de não pagamento das contribuições à Previdência em nosso país. Destacou ainda o poder dos bancos e do capital financeiro internacional para financiar estas reformas que beneficiam os grandes empresários e prejudica de fato a classe trabalhadora. O público ouvinte, foi composto por pelo menos 500 pessoas durante os três momentos propostos. Eram estudantes, membros de sindicatos, assentados e assentadas, além de pessoas da comunidade local. A cada finalização, surgiram questionamentos a respeito do tema, mostrando o interesse e a necessidade de engajamento da comunidade ubaitabense na luta pela garantia de permanência dos direitos já conquistados. Por outro lado, os momentos de discussão e questionamentos, mostraram como nossa juventude está atenta para as questões que lhes atingem direta ou indiretamente, através de perguntas maduras e bem formuladas, fato que deixou o palestrante muito otimista.


O Colégio Octacílio, em sua tradição de expor temas atuais e que fazem parte da realidade do povo brasileiro, como o preconceito racial, o feminicídio e os direitos das mulheres, não poderia ficar de fora desta discussão tão importante e atualíssima, haja vista que seu público-alvo é de jovens em idade para adentrar no mercado formal de trabalho e que demonstram interesse e preocupação diária com os caminhos trilhados em nosso país que surgem como ameaça ao futuro deles e de gerações vindouras. Com informações da APLB/Ubaitaba

COMPARTILHE