UBAITABA: ALEXANDRE “CONTRA-ATACA” E DIZ QUE MEIOS DE COMUNICAÇÃO DISTORCERAM SUAS DECLARAÇÔES
alexandre_ubaitaba_urgente

Estou tranqüilo e provo tudo que eu disse contra o vereador.

Redação Ubaitaba Urgente

Em entrevista concedida ao programa “Realidade Atual”, da emissora “FM Ubaitaba”, o ex-prefeito Alexandre Almeida (PMDB), admitiu que forneceu dois sacos de cimento ao vereador Smaile de Nego de Artur (PTC), para que o mesmo beneficiasse  uma das suas eleitoras nas eleições municipais do ano passado, fato que caracteriza compra de votos por parte do edil. A polemica eclodiu após Smaile ter denunciado o ex-prefeito de desviar R$ 360 mil de um convenio celebrado com o Governo Federal, através da FUNASA, para construção de 289 banheiros no município. O valor total do recurso é de R$ 900 mil. Segundo o vereador, o dinheiro não está na conta e os serviços realizados até o momento, sobretudo a quantidade de banheiros, não correspondem com os R$360 mil declarados como utilizados na obra. Smaile preside uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga o caso. A Comissão que conta ainda com os vereadores Catarino (PSDB), Suka (PR) e Binho Bonifacio (PDT), visitou o canteiro da obra e constatou a péssima qualidade das unidades já construídas. O ex-prefeito tem até o dia 02 de julho para entregar a obra pronta em sua totalidade. Em contato por telefone com o radialista Jackson Cristiano, Alexandre disse que alguns meios de comunicação estão distorcendo a sua entrevista com o intuito de prejudicar o atual prefeito que vem sendo acusado de compra de votos. “Em momento algum eu disse que dei cimento a Smaile para comprar votos para Bêda, como disseram por ai”, disse Alexandre.

COMPARTILHE