UBAITABA: BÊDA FALA COM EXCLUSIVIDADE AO SITE UBAITABA URGENTE SOBRE SUA CANDIDATURA A PREFEITO

Ismaile de Nego de Artur e Bêda

Na manhã desta quarta-feira (23), o site UBAITABA URGENTE, entrevistou o candidato a prefeito de Ubaitaba Bêda (MDB), sobre a notícia da revogação de sua liminar que suspendia os efeitos da rejeição de suas contas. A cidade está em duvida se Bêda é ou não é candidato a prefeito.

UBAITABA URGENTE – Bêda você continua sendo candidato a prefeito de Ubaitaba ou não?

BÊDA – Sou sim, continuo firme e forte com minha candidatura a prefeito de Ubaitaba e com a certeza da vitória no dia 15 de novembro. Meus eleitores não tem com o que se preocupar. Tudo isso que está acontecendo é uma tentativa de me enfraquecer politicamente, mas não vão conseguir, pois o cidadão ubaitabense já decidiu que quer Bêda de volta.

UBAITABA URGENTE – Bêda, então explique o que aconteceu com suas contas e todas as notícias da revogação dessa liminar?

BÊDA – Pois bem, quando eu ajuizei a ação para anular a decisão da Câmara de Vereadores que rejeitou minhas contas referentes a 2014, eu assim procedi por que não tive oportunidade de me defender naquele processo. O juiz então, em dezembro de 2019, deferiu uma liminar que suspendeu essa decisão da Câmara. Com essa liminar a decisão da Câmara deixou de produzir efeitos, como se minhas contas não tivessem sido julgadas.

UBAITABA URGENTE – Bêda qual a implicação disso no registro de sua candidatura a prefeito, pelo fato da liminar ter caído agora quase um ano depois, logo no início da campanha e após a convenção do MDB?

BÊDA – A implicação é nenhuma, isso porque a Lei das Eleições, Nº 9.504, no seu Art. 11, Parágrafo 10, diz que as condições de Inelegibilidade são examinadas no momento do requerimento do registro da candidatura. Isso significa que quando requeri minha candidatura, no dia 14 de setembro, com publicação do Edital no dia 17 de setembro, a liminar estava vigorando e produzindo todos os seus efeitos. Por tanto, a revogação posterior a essa data em nada me prejudica. O mais importante ainda é lembrar que não é qualquer rejeição de contas que gera inelegibilidade. É preciso que a rejeição seja com base num fato que caracterize um ato doloso de improbidade administrativa, o que não ocorreu. Mesmo que eu não tivesse a liminar, ainda assim certamente a justiça iria permitir minha candidatura. (Redação: Ubaitaba Urgente)

O site UBAITABA URGENTE vai entrevistar todos os candidatos a prefeito de Ubaitaba. O município possui hoje 05 candidatos a prefeito. Para agendar sua entrevista é só entrar em contato como nossa redação através do WhatsApp (73) 98137-9333 (Jackson Cristiano)

COMPARTILHE