Ubaitaba: Durante entrevista, prefeito Paulo Bidú fala sobre os desafios

20160202_101228_5_bestshot

O prefeito de Ubaitaba, Paulo Bidú (PP) concedeu entrevista ao radialista Jackson Cristiano para falar sobre como ficará a administração municipal à partir de agora, já que o atual prefeito Bêda (PMDB) pediu licença e o vice Paulo Bidú tomo posse na última segunda-feira (1º), após realização de uma sessão extraordinária na Câmara de Vereadores Municipal.

J. Cristiano – Como foi a cerimônia de posse?

Paulo Bidú – A posse transcorreu de maneira tranquila onde nós tivemos com os vereadores de Ubaitaba, fui empossado em um clima amistoso, onde todos demonstraram apoio, demonstraram vontade de servir a Ubaitaba e mais uma vez eu estou aqui à disposição do povo para prestar nossos serviços como servidor público.

J. Cristiano – Qual o tempo da licença?

A licença foi por dois meses, foi encaminhado o pedido de licença para o poder legislativo onde ele solicita o afastamento para tratamento de saúde por um período de sessenta dias.

J. Cristiano – Essa licença pode se estender por noventa dias ou mais tempo?  

Paulo Bidú – Nesse caso ele teria que fazer um outro comunicado ao pode legislativo pedindo a extensão da licença, mas oficialmente a licença é de sessenta dias.

J. Cristiano – Como você análise a expectativa da população com relação a sua gestão?

Paulo Bidú – Todas as vezes que tomei posse à frente do município de Ubaitaba sempre tive todos os deveres e direitos, justiça seja feita o tempo que estou à frente do município, quem determina as diretrizes a serem seguidas sou eu. Agora, dentro de uma situação que nós encontramos o município, que não é só Ubaitaba, que existe uma série de compromissos de folhas, compromissos de fornecedores, então a gente tem que ter responsabilidade para honrar esses compromissos. Então, Paulo não pode chegar assumir a prefeitura hoje e amanhã mandar calçar uma rua, mandar fazer um esgoto sabendo que nós temos dívida com nossos fornecedores, com nossos servidores que precisa primeiro atender essa demanda.

J. Cristiano – Está prevista alguma mudança no secretariado?

20160202_101355_8_bestshot

Paulo Bidú – Eu estou prefeito temporariamente, interinamente todas essas coisas devem ser discutidas com todo o grupo que dá sustentação política, com nossos vereadores, com nossos corpo de servidores. Não pode ser uma coisa que Paulo chegou na prefeitura hoje e fazer uma caça as bruxas, não existe isso. Acho que todos nossos secretários são pessoas que tem dedicado, devotado ao serviço municipal e eu preciso realmente de acordo com todo grupo político discutir nomes, mas sem essa questão de vai ser fulano, vai se sicrano o que importa são as pessoas que estão dispostas a colabora com o serviço público.

J. Cristiano – Existe a possibilidade de o secretário Claudio Bidú retornar para a prefeitura?

Paulo Bidú – Na verdade essa questão do convite, quem me pediu que formulasse um convite a ele não foi Paulo, porque o prefeito é Bêda, na verdade eu estou prefeito temporariamente, mas o mandato que o povo de Ubaitaba confiou foi de Asclepíades de Almeida e há um certo período atrás Bêda demonstrou a intenção que ele retornasse a Ubaitaba, mas ele disse também que está bem localizado em Maraú, tem contato com o prestígio da prefeita de Maraú e que ele se sente muito bem lá e que nesse momento acharia muito complicado o seu retorno.

J. Cristiano – O que você pretende fazer nesses dois meses à frente da Prefeitura de Ubaitaba ou quem sabe mais tempo caso Bida renove a licença?

Paulo Bidú – O povo de Ubaitaba me conhece, sabe da minha vontade de servir essa terra, sabe do meu compromisso que eu tenho com essa terra. Hoje mesmo estive na cidade toda fazendo uma inspeção, conhecendo todos os problemas, agora entre a gente conhecer todos os problemas e resolver todos os problemas há uma distância grande. Às vezes a gente tem vontade, mas os recursos são pequenos, porém dentro das nossas possibilidades temos projetos em andamento da outra vez que estive à frente como a inauguração do posto de identificação onde ali vai ser tirado carteira profissional, vai se tirado identidade, acreditamos que nos próximos dias estaremos inaugurando, as agências dos Correios de Piraúna e Faisqueira estaremos inaugurando e dentro outras obras de pequeno porte que vamos procurar acelerar. Estivemos reunidos com o Sr. Edno que entende muito da questão do calçamento de Ubaitaba que tem várias ruas danificadas. Vamos dentro das nossas possibilidades honrar nossos compromissos com nossos fornecedores e tocar nossas obras que estão em andamento que possa melhorar a condição de vida do povo de Ubaitaba, bem como voltar a atender nosso povo, volta a atender nos distritos de Piraúna, Faisqueira, bairros sempre em contato com a população que possa sentir mais próximo do seu governante.

J. Cristiano – Caso seja escolhido, está preparado para ser o candidato a prefeito nas próximas eleições municipais?

Paulo Bidú – Essa questão de candidatura é uma questão que confesso a você que ainda não parei para pensar, eu realmente agora estou empenhado nesse período que estou à frente da prefeitura, empenhado em desenvolver um trabalho bom, um trabalho que corresponda à expectativa da comunidade e sempre digo que o grupo é farto de candidatos, candidatos não nos faltam no grupo, agora eu acho que essa questão de candidatura deve ser pensada lá para junho e a gente agora é pensar realmente na questão de trabalhar, de servir, de me colocar à disposição do povo de Ubaitaba para que a gente possa corresponder à expectativa, a questão da candidatura vamos pensar lá para junho, tem outros nomes também, aquele nome que estiver melhor com certeza será escolhido. O meu nome pode ser um dos, mas não é o único que existe dentro do grupo.

COMPARTILHE