Ubaitaba: PM de Ibirapitanga prende suposto assassino de Bruno Moreno

20130928_102445

Redação Ubaitaba Urgente

Os Soldados da Policia Militar, Magalhães e Delman, sob o comando do Sargento Herlei, lotados na 61ª Companhia de Polícia Militar de Ubaitaba (CIPM), prenderam na manhã deste sábado (28), em Ibirapitanga, o foragido da justiça, Luiz Valério Rocha da Soledade, vulgo Luizinho, 27 anos, residente na rua G, Bairro Maria Olímpia em Ubaitaba.

20130928_102411

Luizinho estava escondido na Fazenda do prefeito de Ibirapitanga.

Luizinho é apontado como “suposto” autor do assassinato do estudante de Educação Física, Bruno Moreno. Na época 29 anos, que foi morto com um tiro nas costas quando passava pela BR 101, sentido Ubaitaba Aurelino Leal. O crime aconteceu no sábado, dia 17 por volta das 23 horas, do ano de 2009. Bruno Moreno era filho da professora Maria Moreno, jovem simples, humilde, trabalhador e estudante. Muito querido na cidade por ser amigo de todos e por ser pessoa de boa índole e bons costumes. Bruno, mesmo após ter sido baleado, ainda conseguiu chegar próximo ao Hospital de Ubaitaba, onde caiu e algumas pessoas e policiais da delegacia o socorreram.

Bruno Moreno foi morto no dia 17 de Outubro de 2009.

Bruno Moreno foi morto no dia 17 de Outubro de 2009.

A polícia informou que ainda pensaram que ele estava embriagado ou havia sofrido um acidente de moto. Bruno ainda foi socorrido com vida. Após tirar a camisa dele é que o médico percebeu o ferimento de bala. Alguns minutos depois ele não resistiu e morreu. Bruno era músico, já foi integrante de diversas bandas em Ubaitaba, como Banda Ubá, Miscigenação, Swing e Cia; cursava Educação Física na Unime, onde já estava no último ano, praticava jiu-jitsu e peteca e dizia que suas maiores paixões era Jesus Cristo, sua mãe e os amigos. Após alguns meses de investigação a polícia disse ter descoberto o verdadeiro assassino do estudante, um elemento do bairro Maria Olímpia em Ubaitaba conhecido como Luizinho que disse ter matado Moreno para tomar uma motocicleta que estava sendo pilotada por ele na noite do crime.

Recaptura

Luizinho foi recapturado após campana montada pelos PMs, que descobriram o elemento trabalhando em uma fazenda pertencente ao irmão do prefeito de Ibirapitanga, Isravan Barcelos. Os policiais esperaram ele ir para Ibirapitanga receber sua quinzena no supermercado do patrão, identificado como Kekeu e efetuaram sua prisão. Na delegacia Luizinho negou ser o autor do crime.

Reconstituição

Reconstituição do crime.

Reconstituição do crime.

Em 2010, o delegado Humberto Matos, na época titular da Depol de Uruçuca, foi designado pela 7º Corpim para acompanhar o processo e liderar as investigações. Humberto Matos realizou a reconstituição do crime, acompanhado do delegado Paulo de Tarso, na época titular de Ubaitaba. Durante a reconstituição, Luizinho contou com detalhes como matou Bruno Moreno.

Mistério

Até hoje a família do saudoso Bruno Moreno não acreditam que o tal Luizinho seja mesmo o autor do único disparo que matou o jovem, já que na época do crime surgiu uma serie de contradições que resultaram na morte de Walber Bruno Moreno Alves dos Santos. Até o nome de um ex-agente público que trabalhava na delegacia de Ubaitaba foi mencionado como autor da morte do rapaz. Amigos e familiares continuam a perguntar, quem matou Bruno? Ele foi morto por engano? Ou foi morto em uma tentativa de assalto mesmo?  O tal Luizinho é apenas um Bode Expiatório?

Manifesto

No dia 2 de novembro de 2009 a comunidade realizou um ato público em protesto ao crime. Cerca de 1.500 pessoas, portando faixas e cartazes saíram em passeata de Aurelino Leal até Ubaitaba. Os manifestantes chegaram a interromper o tráfego na BR-101 por cerca de duas horas seguidas, pedindo justiça para o caso. Esperamos que agora com a prisão deste Luizinho possa esclarecer de uma vez por todas a morte de Bruno Moreno, disse um parente da vítima.

COMPARTILHE