Eunápolis: Indignada com o aumento da violência, população denuncia local de desova

Crimes e mortes aumentam diariamente na capital e no interior. No município de Eunápolis, no extremo sul baiano, a população está indignada com o aumento da violência. Na manhã deste sábado (15), moradores encontraram o corpo de Sandro Pessoti Santos, 41 anos, em um terreno baldio. De acordo com eles, o local é frequentado diariamente por usuários de drogas e cenário de muitos crimes. Informações da polícia dão conta que Sandro foi morto a pedradas em um terreno abandonado na Rua Divino Lar, bairro Gusmão. Perto do corpo havia pedras sujas de sangue. Pessoas conhecidas falaram que Sandro seria usuário de drogas e que já tinha cumprido pena por tráfico. De acordo com o site Radar 64, Em maio de 2010 o adolescente Wallison Cardoso Silva, filho do ‘Palhaço Teco-Teco’ também foi morto no local. A população pede que a administração municipal acione o proprietário, conhecido como ‘Zé Besouro’. Recentemente uma mulher que passava pela local, ainda segundo populares, teria sido arrastada para o terreno e depois estuprada.

COMPARTILHE