Ex-agiota foi morto a tiros próximo a módulo da Polícia Militar em Ilhéus

Por volta 10h da manhã deste domingo (31/12), o ajudante de pedreiro de prenome Ramon, morador do Alto da Tapera, foi assassinado a tiros na Central de Abastecimento do Malhado, zona norte de Ilhéus. Segundo informações de testemunhas, o crime aconteceu próximo ao módulo da Polícia Militar. A vítima foi alvejada na cabeça e morreu no local. O SAMU 192 chegou a ser acionado, mas infelizmente, o homem não resistiu. Segundo informações do blog Fabio Roberto Noticias, no passado, Ramon chegou a já como agiota e contava com passagens na delegacia por envolvimento em alguns crimes. O departamento de polícia técnica (DPT) foi acionado e, em seguida, removeu o corpo para necropsia. As causas e as circunstâncias ainda são desconhecidas e serão investigadas pela polícia Civil.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE