admin Arquivo







JUSTIÇA CONDENA HADDAD A 4 ANOS E 6 MESES EM SEMIABERTO POR CAIXA DOIS DA UTC

Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) foi condenado por suposto caixa dois da UTC Engenharia na campanha eleitoral de 2012, quando foi eleito. A pena imposta pelo juiz da 1ª Zona Eleitoral, Francisco Shintate, por falsidade ideológica eleitoral, é de 4 anos e 6 meses, em regime semiaberto. Cabe recurso. O ex-prefeito foi denunciado por suposto caixa dois de R$ 2,6 milhões da UTC Engenharia. O promotor eleitoral Luiz Henrique Dal Poz, afirmou, em acusação, que o ex-prefeito ‘deixou de contabilizar valores, bem como se utilizou de notas inidôneas para justificar despesas’.

Os valores teriam sido repassados pela empreiteira diretamente às gráficas de Francisco Carlos de Souza, ex-deputado estadual e líder sindical conhecido no PT como ‘Chico Gordo’. Ele confessou que recebeu os pagamentos, mas disse que não eram destinados à campanha do ex-prefeito, e sim a outros candidatos petistas cujos nomes não revelou à PF. A denúncia narra que R$ 3 milhões teriam sido negociados com o empresário Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, e depois repactuados para R$ 2,6 milhões. Além do empreiteiro, que é delator, o doleiro Alberto Youssef também citou as operações em depoimento.

INOCENTADO NA ESFERA CRIMINAL

O ex-prefeito também foi denunciado na esfera criminal por este mesmo caso, envolvendo corrupção e lavagem de dinheiro. A 12.ª Câmara do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, no entanto, trancou a ação em fevereiro. Segundo o voto do relator, desembargador Vico Mañas, a denúncia não esclarece qual a vantagem pretendida pelo empreiteiro, uma vez que os interesses da UTC foram contrariados pela gestão municipal, que chegou a cancelar um contrato já assinado com a empresa para a construção de um túnel na Avenida Roberto Marinho. MSN/Estadão

COMPARTILHE

MARAÚ: PREFEITURA PROMOVE CURSO DE BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO DE PESCADO

Foto: Prefeitura de Maraú/Divulgação

Foto: Prefeitura de Maraú/Divulgação

A Prefeitura de Maraú, através da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura, em parceria com o Instituto Humanas Brasil, realizou no último domingo (26), o curso de beneficiamento e boas práticas de manipulação do pescado. O curso foi voltado para o agricultor familiar e teve como objetivo melhorar a qualidade dos produtos derivados da pesca e aqüicultura, capacitando agricultores, pescadores e marisqueiras para agregar valor a produção. De acordo com Carlos Odilon, que é o responsável pelo setor de Pesca e Aquicultura, o curso contou com total apoio da Prefeita Gracinha Viana e do Secretário Valdemir Lisboa (Mica), que visualizam na piscicultura mais um meio de fonte de renda para os agricultores, pescadores e marisqueiras do município. O curso foi realizado na comunidade da Santa Maria. (Ascom/Maraú)

COMPARTILHE

ILHÉUS: ESTUDANTES SÃO ESFAQUEADOS EM ESCOLA

Foto: O Tabuleiro/Reprodução

Foto: O Tabuleiro/Reprodução

Pelo menos três estudantes teriam sido esfaqueados por um colega dentro do Colégio Estadual Estado do Ceará, no bairro Malhado, em Ilhéus. O fato aconteceu na manhã desta segunda-feira (3). Segundo as informações iniciais, o agressor teria cometido a ação após sofrer bullying pelo três estudantes agredidos. Uma das vítimas mais grave teria sido agredida na região do tórax. Viaturas da polícia Militar compareceram ao colégio para deter o agressor. Uma ambulância do Samu 192 também foi deslocada ao local, prestando os primeiros atendimentos às vítimas. ( Com informações do Blog O Tabuleiro)

COMPARTILHE

PARANÁ DECRETA FIM DE APOSENTADORIA PARA EX-GOVERNADORES

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Na quarta-feira (29), a Proposta de emenda à Constituição (PEC) que põe fim à aposentadoria para governadores, foi decretada em solenidade no Palácio Iguaçu, em Curitiba. De acordo com o governador, a medida é um exemplo para o Brasil, e demonstra respeito à vontade da população. “Não adianta discutir o fim da aposentadoria sem incluir o fim dos privilégios. É um momento histórico para o Paraná”, afirmou Ratinho Junior. A promulgação da PEC foi assinada pelo presidente da Assembleia, Ademar Traiano, o primeiro-secretário da Casa, Luiz Claudio Romanelli, e o segundo-secretário, Gilson de Souza. Além disso, o texto foi aprovado por unanimidade na última quarta-feira (15), e em redação final nesta terça-feira (28).

R$ 4 MILHÕES POR ANO

Conforme divulgado pela Agência de Notícias do Paraná, o estado gasta cerca de R$ 4 milhões por ano com o pagamento do benefício a oito ex-governadores e três viúvas de ex-governantes. Portanto, o subsídio mensal bruto é de R$ 30.471,11. “Para o caixa do governo, o valor é pequeno, mas é simbólico em um momento em que se discute o redesenho político do país. É necessário tomar medidas que mostrem à sociedade que o poder público está andando junto com a vontade popular”, salientou o governador Ratinho Junior.

DIREITO ADQUIRIDO

A partir de agora, a Constituição Estadual deixa de ter o texto: “exercido o cargo de governador, desde que não tenha sofrido a suspensão dos direitos políticos, terá direito a um subsídio mensal e vitalício igual aos vencimentos do cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná.” Por se trata de direito adquirido, a extinção do benefício vai valer apenas daqui para frente. Atualmente, recebem a aposentadoria os ex-governadores Beto Richa, Orlando Pessuti, Jaime Lerner, Mário Pereira, Roberto Requião, João Elízio de Ferraz Campos, Emilio Gomes e Paulo Pimentel; além de três viúvas: Arlete Richa, Madalena Mansur e Rosi Gomes da Silva. (Com informações de Ric Mais)

COMPARTILHE

URUÇUCA: MAGNÓLIA BARRETO VISITA OBRAS NA AVENIDA EVANDRO MAGALHÃES; VEJA FOTOS

Magnólia visita obras na Avenida Evandro Magalhães.

Magnólia visita obras na Avenida Evandro Magalhães.

A presidente da Câmara de Uruçuca, vereadora Magnólia Barreto (DEM) realizou uma vistoria nas obras que estão sendo realizadas na Avenida Evandro Magalhães. Na oportunidade, Magnólia Barreto aproveitou para agradecer ao prefeito Moacyr Leite Junior (DEM), pelo trabalho que vem sendo realizado no local que contribuiu para o desenvolvimento da cidade de Uruçuca. (Redação: Ubaitaba Urgente)

COMPARTILHE

Presença de partidos, sindicatos e ‘Lula Livre’ causa divergências em ato pela educação em SP

Enquanto sindicalistas discursavam no maior carro de som durante a manifestação contra o bloqueio de verbas para a educação nesta quinta-feira (30/5), em São Paulo, um grupo de seis estudantes do primeiro ano do ensino médio acompanhava as falas à distância. Pareciam desconfortáveis com a presença de bandeiras de partidos e a defesa de outras causas por parte dos manifestantes, entre as quais a rejeição à reforma da Previdência e a liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Estou aqui porque critico o Bolsonaro, que faz um governo horrível e tira verba da educação. Mas não sou a favor do PT, que também prejudicou o país, e nem de Lula”, disse Eric Freire, de 15 de anos, que participava pela primeira vez de um protesto contra a política educacional do governo. “Aqui tem muitos sindicatos que, quando convém, apoiam os estudantes, mas que também apoiam políticos envolvidos em corrupção”, afirmou a colega Ísis Cavalcante. Autoridades não estimaram o número de pessoas presentes; para organizadores, foram “mais de 200 mil”, muitos dos quais professores e estudantes. As manifestações ocorreram em várias cidades do país e sucederam protestos ocorridos em 15 de maio, confrontados por atos pró-Bolsonaro no último domingo (26).

Para o grupo de seis estudantes entrevistados, a presença de outros movimentos e causas no protesto “é parte da democracia e não deslegitima a manifestação, nem os milhares que não estão carregando bandeiras”. Mas, como aquela turma, muitos manifestantes ouvidos pela BBC News Brasil e que não pertenciam a qualquer grupo organizado se diziam preocupados com a possibilidade de que o movimento perdesse foco e público caso passasse a se confundir com a esquerda tradicional. O próprio presidente Jair Bolsonaro já havia associado os manifestantes a militantes políticos de esquerda ao comentar a primeira leva de protestos contra o bloqueio de verbas para universidades federais, em 15 de maio. Na ocasião, ele disse que os manifestantes eram “idiotas úteis” que estariam servindo de “massa de manobra de uma minoria de espertalhões”. Bolsonaro diz que o bloqueio de verbas é um “contigenciamento” (suspensão temporária) e se deve à queda na arrecadação de impostos. Segundo o governo, foram retidas 30% das verbas discricionárias (não atreladas a despesas obrigatórias) das universidades federais. (Conteúdo: Terra/BBC News Brasil)

COMPARTILHE

Fachin nega pedido de suspeição de Lula contra Moro

Ministro Edson Fachin | Foto: REUTERS/Adriano Machado

Ministro Edson Fachin | Foto: REUTERS/Adriano Machado

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou pedido de suspeição movido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, contra o ex-juiz federal Sergio Moro, atual ministro da Justiça e da Segurança Pública. O pedido de Lula se deu no âmbito da ação penal em que Moro o condenou no caso triplex, a 9 anos e 6 meses de prisão. A pena chegou a ser aumentada para 12 anos e um mês pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, e reduzida pelo Superior Tribunal de Justiça, para 8 anos e 10 meses. O pedido de suspeição de Lula contra Moro foi rejeitado no TRF-4. O Tribunal também inadmitiu que, contra sua decisão, seja movido recurso extraordinário – destinado ao STF -, em setembro do ano passado. A defesa de Lula recorreu.

“Verifico que o acórdão recorrido encontra-se fundamentado, ainda que suas razões sejam contrárias aos interesses do recorrente, de modo que não há como acolher a alegação de negativa de jurisdição decorrente da alegada ausência de motivação”, anotou Fachin. “Sob a óptica do devido processo legal, cláusula que compreende a imposição de observância do juiz natural, a verificação da efetiva parcialidade do julgador imprescindiria, no caso concreto, da prévia análise do Código de Processo Penal, circunstância a revelar que a ofensa à Constituição, se existente, seria meramente reflexa, o que impede o conhecimento do recurso extraordinário”, escreve. (Conteúdo: Terra/Estadão)

COMPARTILHE

MP processa Weintraub por declaração que universidade só faz balbúrdia

O Ministério Público Federal ingressou com uma ação civil pública na Justiça Federal do Rio Grande do Norte contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e a União por danos morais coletivos. Segundo o MPF, a ação busca responsabilizar as falas consideradas ofensivas do chefe do MEC desde que ele assumiu a pasta, em abril. A ação pede R$ 5 milhões em caso de condenação e será analisada pela 10ª Vara Federal de Mossoró. Os procuradores que assinam a ação ressaltaram entre as muitas declarações de Weintraub, uma dada em entrevista no dia 30 de abril, quando ele disse que “universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia, terão verbas reduzidas”. A ação foi divulgada nesta quinta-feira (30), dia em que estudantes decidiram sair às ruas do país contra os cortes promovidos na área educacional.

OUTRO LADO

O Ministério da Educação informou por meio de nota que não foi comunicado oficialmente sobre a ação. “Até porque ela está com data de hoje. Portanto, sequer foi distribuída a uma das varas da Justiça Federal de Natal (RN). Em pesquisa no site da Justiça Federal do Rio Grande do Norte, não consta nenhuma ação judicial ainda contra o ministro da Educação”, disse a pasta. Para o MEC, a ação não foi sequer despachada pela Justiça. “Isso surpreende e quiçá denota o caráter político da medida, já que os veículos de comunicação dela tiveram conhecimento antes mesmo do suposto demandado e da ação ter sido formalmente protocolizada perante a instância judicial competente”. (Conteúdo: FolhaPress)

COMPARTILHE

NOVO GOLPE ROUBA SEU WHATSAPP SEM USAR VÍRUS; ENTENDA E SAIBA EVITAR

Um novo golpe no WhatsAppusa dados de pessoas que fizeram vendas ou anúncios na Internet para roubar suas contas no aplicativo de mensagens. Para clonar o app, os ladrões usam o número de telefone disponibilizado nas plataformas anunciantes e se passam por representantes dos próprios sites de vendas. De acordo com informaç empresa de segurança Kaspersky Labs, já foram identificadas mensagens falsas se passando pelas plataformas OLX, Webmotors e Zap Imóveis. Zap Imóveis declarou, em nota ao TechTudo, que tem ciência dos golpes aplicados com o nome da empresa, e que dá informações completas a clientes para que não sejam vítimas (veja nota na íntegra no final da matéria). Como a fraude não usa nenhum programa malicioso para roubar os dados, a segurança depende muito da atenção do próprios usuário. Entenda, a seguir, como o novo golpe funciona e saiba como se proteger.

COMO O GOLPE FUNCIONA?

Os golpistas entram em contato com a vítima através do número de telefone disponibilizado nos sites de vendas. Na mensagem, os criminosos afirmam que há reclamações referentes ao contato do cliente no anúncio de venda e pedem que ele confirme seu número, fornecendo o código enviado por SMS. Ao mesmo tempo em que mandam essas mensagens, os golpistas tentam ativar o WhatsApp em um novo dispositivo com o número da pessoa. Logo, o código enviado por SMS se refere a uma autenticação do novo dispositivo, enviado pelo próprio WhatsApp — nada tem a ver com o site de compra e venda. Quando a pessoa fornece a informação que chega no seu aparelho, os criminosos são capazes de clonar a conta no mensageiro. Na segunda parte do golpe, os fraudadores enviam mensagens para os contatos mais recentes, geralmente familiares ou amigos próximos da pessoa, e pedem empréstimo para uma despesa urgente. Não há um padrão nos valores pedidos, mas se o contato se disponibilizar a dar o dinheiro, os criminosos passam sempre a conta bancária de um laranja para os depósitos.

Para o analista sênior de segurança da Kaspersky Lab no Brasil Fabio Assolini, a melhor forma de se proteger desse golpe é ativando a dupla autenticação do WhatsApp. Com a verificação em duas etapas, além de usar o número fornecido por SMS, é possível criar uma espécie de “senha” para instalar o app. “Trata-se de uma senha que o usuário cria e é solicitada de vez em quando pelo aplicativo. Mesmo que a vítima informe o código de ativação, o criminoso terá de pedir a senha da dupla autenticação. Isso já sai do contexto do anúncio e a pessoa pode perceber a fraude antes de ser tarde demais”, explica. Ao TechTudo, a OLX esclareceu que, embora não tenha tido acesso a detalhes deste caso, pode garantir que não tem procedimento semelhante em seu relacionamento com os anunciantes do site: “a solicitação de códigos de confirmação/códigos de segurança, dados cadastrais e pessoais não é uma prática adotada pela OLX em nenhuma situação”, enfatizou a empresa por meio de um porta-voz.

A empresa divulgou também dicas de segurança para o momento da negociação de produtos via OLX:

  • Nunca compartilhe os códigos de validação e segurança que chegam em seu celular;
  • Na OLX não é necessária validação com código de segurança para utilização do chat da plataforma;
  • A OLX nunca pedirá informações que permitam acesso à sua conta via chat, telefone, SMS, WhatsApp e redes sociais;
  • Vale lembrar que a OLX também disponibiliza um botão de denúncia em todos os seus anúncios e contatos no chat, possibilitando que qualquer pessoa denuncie eventuais práticas irregulares ou conteúdos indevidos. (Conteúdo reproduzido do TecTudo)
COMPARTILHE

Claudia Rodrigues volta a ser internada em hospital de SP

Claudia Rodrigues precisou ser internada com urgência no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta quarta-feira (29). A informação foi divulgada pela empresária Adriane Bonato. Segundo a revista “Quem”, a assistente da atriz não deu detalhes sobre o assunto. A atriz sofre de esclerose múltipla desde os anos 2000. Em março, ela chegou a passar mais de uma semana hospitalizada e perdeu o movimento das pernas. No ano passado, Claudia falou a respeito da doença ao programa “Superpop”, de Luciana Gimenez, na RedeTV!. “Você não pensa que vai ter uma luz no fim do túnel”, lamentou. (MSN)

COMPARTILHE

Pai sofre infarto e morre 3 meses após acidente de Sala

Foto: Facebook

O pai do ex-jogador Emiliano Sala, Horácio Sala, morreu na na madrugada desta sexta-feira, em Progresso, Santa Fé, na Argentina, vítima de um ataque cardíaco fulminante. O argentino falece três meses depois de seu filho também morrer em um acidente de avião. Segundo o canal de TV argentino C5N, Horacio chegou a receber atendimento, mas quando os médicos chegaram em sua casa já era tarde demais. A informação foi confirmada por Daniel Ribero, presidente do San Martín de Progreso, clube de futebol da cidade. O prefeito de Progreso, Jorge Müller, também confirmou. “Esta madrugada, ele sentiu uma dor no peito. Chamaram o médico, mas, quando chegou, o Horacio já tinha falecido. Tinha estado com ele durante a semana. Cruzei com ele na rua e passamos meia hora falando do cultivo da soja, do caminhão… Eu o notava melhor, com vontade de fala”, disse o presidente O acidente de Emiliano Sala impactou o mundo do futebol. O jogador ficou desaparecido e as buscas pelo seu corpo chegaram a ser financiadas por atletas em atividade. A última aparição pública de seu pai foi quando o corpo do atacante foi encontrado. Na ocasião, Horácio disse estar tendo “um sonho ruim” e que estava “desesperado”. (Conteúdo: Lance)

COMPARTILHE

EX-PRESIDENTE DO PERU COMETE SUICÍDIO PARA EVITAR SER PRESO

Foto: Guadalupe Pardo / Reuters

Alan García, ex-presidente do Peru, cometeu suicídio na manhã desta quarta-feira, 17, com um tiro na cabeça quando policiais chegaram em sua residência, na capital do país, para prendê-lo por conexões com uma investigação sobre suborno no caso relacionado à construtora brasileira Odebrecht, informou seu advogado. Ele chegou a ser levado para um hospital onde passou por cirurgia, mas não resistiu e morreu.  “Esta manhã aconteceu este acidente lamentável: o presidente tomou a decisão de atirar”, disse Erasmo Reyna na entrada do Hospital de Emergências Casimiro Ulloa, em Lima. O hospital indicou que García, de 69 anos, tem “um ferimento de bala na cabeça” e está sendo operado. A informação de que o ex-presidente – que comandou o Peru de 1985 a 1990 e de 2006 a 2011 – havia tentado tirar a própria vida foi divulgada mais cedo por fontes policiais que pediram para não ser identificadas. O hospital no qual ele estava internado confirmou a morte por volta das 12h30 (horário de Brasília).  Imagens de emissoras locais de TV mostraram o filho do ex-presidente e apoiadores chegando ao hospital. A polícia fez um cordão de isolamento para garantir a segurança no local. Momentos antes, em comunicado, o Ministério da Saúde peruano informou que o ex-presidente tem um “impacto de bala na cabeça, com entrada e saída” e seu estado de saúde “é delicado e o prognóstico reservado”. Já o diretor do hospital Casimiro Ulloa, Enrique Gutiérrez, afirmou que o ex-mandatário ingressou na unidade de saúde às 7h17 (9h17, em Brasília) e foi levado direto para a sala de cirurgia. “Em três oportunidades, teve paradas cardiorrespiratórias. Eles ainda passa por intervenção médica.” Ele acabou não resistindo. (Conteúdo: Terra / Estadão)

COMPARTILHE

Prefeitura de Maraú intensifica substituição de pontes de madeira por manilhas na zona rural

A prefeitura de Maraú, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Obras, vem trabalhando na região das Barrocas, na zona rural do município fazendo a substituição de pontes de madeira por manilhas. No local, uma ponte de madeira foi removida, dando lugar para manilhas de concreto, cuja durabilidade é maior, evitando futuros gastos para o município. Para o secretário de Obras, Tinho, os serviços serão realizados com a maior brevidade possível, pois as comunidades rurais sofrem com as dificuldades de transitar nesse período chuvoso.

Para dar uma resposta ao problema, a prefeita Gracinha Viana (PP) resolveu substituir os pontilhões de madeira que não tenham mais condições de recuperação, por galerias tubulares ou de concreto armado. Como o serviço é de grande importância para os moradores da zona rural, serão feitos mais três substituições em outras localidades. A Prefeitura continuará substituindo gradativamente as pontes de madeira por manilhas de concreto onde for necessário. (ASCOM – Maraú)
COMPARTILHE

Washington, ex-São Paulo, vira secretário de esporte do governo Bolsonaro

Ex-jogador de São Paulo, Fluminense e outros clubes importantes, Washington “Coração Valente” entrou para o governo do presidente Jair Bolsonaro, nesta sexta-feira (12). Ele foi nomeado Secretário Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis). A informação foi publicada no Diário Oficial. O Ministério do Esporte foi extinto no governo Bolsonaro. Agora ele é uma secretaria dentro do Ministério da Cidadania. E é justamente esta pasta que o ex-jogador vai comandar.

Depois que se aposentou, Washington já tentou ser técnico de futebol em Sergipe, mas teve pouco sucesso. Recentemente ele virou deputado federal, porque era suplente de Onyx Lorenzoni, que saiu do cargo para virar Ministro da Casa Civil. Washington deu entrevista ao site da Secretaria Especial do Esporte e destacou que quer usar o esporte como ferramenta de educação: “além do esporte e do lazer, a Snelis envolve duas coisas importantes, que são a área educacional e a inclusão social. São duas ferramentas muito importantes principalmente na formação do cidadão”. (Conteúdo: JovemPan)

COMPARTILHE

Bolsonaro sanciona lei do cadastro positivo para consumidores

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta segunda-feira, 8, o projeto que prevê a inclusão obrigatória de todos os consumidores (pessoas físicas e empresas) no cadastro positivo, composto por bons pagadores e com informações sobre pagamentos em dia e empréstimos quitados. Sem a medida, a inserção do nome nessa lista precisa de autorização expressa e assinada do cliente. O texto prevê que a inclusão no cadastro será automática, e o consumidor que quiser sair terá de solicitar a exclusão. O cadastro positivo – que já existe desde 2013 – havia sido aprovado no Senado por 66 votos a 5. A medida é defendida pelo Banco Central como forma de baratear o crédito para as pessoas que têm as contas em dia. Por meio dele, os consumidores que quitam seus financiamentos terão uma pontuação maior e, em tese, poderão ter melhores condições na hora de fazer compras ou empréstimos porque representam risco menor de calote. Após a sanção do presidente da República, o Banco Central deve editar uma regulamentação, em um prazo de até 90 dias. Depois disso, há ainda um prazo adicional, para que as empresas possam se adaptar. Conteúdo do Terra/Estadão

COMPARTILHE

Maraú: Secretaria de saúde realizará a IV conferência municipal de saúde no dia 12

A Secretaria Municipal de Saúde de Maraú, realizará a IV Conferência Municipal de Saúde com o tema “Democracia e Saúde”.  A Conferência Municipal de Saúde é onde a população tem a oportunidade de debater e ajudar a construir o futuro SUS. É de extrema importância a participação de todos os segmentos da sociedade. Participe você também! A IV Conferência Municipal de Saúde de Maraú acontecerá dia 12 de abril de 2019, às 08h, no CRAS, ao lado da sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, em Maraú. (Informações da ASCOM – Maraú)
COMPARTILHE

Governo anuncia oficialmente o fim do horário de verão em 2019

Foto: Agência Brasil (Foto de arquivo)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) confirmou no fim da tarde desta sexta-feira (5) que não haverá horário de verão em 2019. A continuidade da medida será avaliada posteriormente. “Após estudos técnicos que apontam para a eliminação dos benefícios por conta de fatores como iluminação mais eficiente, evolução das posses, aumento do consumo de energia e mudança de hábitos da população, decidimos que não haverá Horário de Verão na temporada 2019/2020”, disse Bolsonaro no Twitter. Minutos antes da publicação, o porta-voz Otávio do Rêgo Barros disse que o presidente havia levado em conta para tomar a decisão uma pesquisa do Ministério de Minas e Energia que indicou que 53% dos entrevistados são a favor de acabar com o horário de verão.

Segundo Rêgo Barros, ainda  não há definição sobre se a medida será mantida nos próximos anos. O horário de verão foi adotado pela primeira vez no país no fim de 1931, com a finalidade de economizar energia elétrica nos meses mais quentes do ano. Foi aplicado sem interrupção nos últimos últimos 35 anos. Pesquisas mostram, no entanto, que a eficiência na economia de energia vem caindo ano após ano. Um estudo divulgado pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) considerou nula a economia de energia durante o horário de verão 2017/2018.

De acordo com o relatório, a redução apresentada em análises durante o horário de verão também foi verificada em outros períodos, antes mesmo dos ajustes no relógio. Segundo alguns especialistas, a queda dos índices de economia de energia acontece pela mudança de comportamento do brasileiro. As pessoas atualmente têm jornadas de trabalhos diferentes, saem de casa mais tarde e utilizam mais o ar-condicionado durante o dia, quando as temperaturas estão elevadas. No verão 2016/2017, a economia decorrente da redução do uso de usinas foi de R$ 159,5 milhões. No mesmo período do ano anterior (2015/2016), foram economizados R$ 162 milhões. (Informações do FolhaPress)

COMPARTILHE

Lula fica calado em depoimento sobre suspeitas de corrupção

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

O ex-presidente Lula preferiu ficar em silêncio no depoimento realizado nesta 6ª feira (5.abr.2019) na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Seguindo orientação de sua defesa, o petista alegou não ter acesso aos documentos da investigação e ficou calado. “A defesa não teve acesso aos autos do inquérito e pediu para que o depoimento seja realizado depois do acesso à íntegra dos documentos. Ninguém é obrigado a depor sobre documentos ocultos”, disse o advogado  Cristiano Zanin.

Ele é investigado em 2 inquéritos sobre suspeitas de corrupção. O 1º investiga o pagamento propinas pela Odebrecht em contratos ligados à construção de navios-sonda pela Sete-Brasil. O 2º, a formação de 1 suposto cartel de construtoras para a obra da usina hidrelétrica de Belo Monte. O petista está encarcerado desde 7 de abril de 2018 na Superintendência da PF (Polícia Federal), em Curitiba, após ter sido condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP). A PF declarou que a defesa de Lula teve amplo acesso aos papéis dos inquérito. (Informações do Poder 360)

COMPARTILHE

BBB 19: Paula pode pegar até 3 anos de pena se condenada

BBB 19: Paula pode pegar até 3 anos de pena se condenada

Foto: Reprodução/TV Globo

A sister está envolvida em procedimento instaurado por conta de um crime de injúria por preconceito alusivo à religião. O delegado Gilbert Stivanello, titular da Delegacia de Combate a Crimes de Racismo e Intolerância do Rio, foi quem confirmou a informação. A pena para crime deste tipo varia de um a três anos de reclusão de multa. “Há outros institutos processuais alternativos aplicáveis que podem evitar a imposição de pena de prisão (reclusão). Nessa parte a resposta ficará com o Judiciário”, afirmou o delegado.

Ainda segundo o UOL, o delegado afirma que Paula será ouvida assim que deixar a casa ou após a final do reality show, que terminará no próximo dia 12. Em conversa no início de fevereiro, Paula fez uma série de comentários considerados preconceituosos, afirmando que tinha medo de Rodrigo por ele ter contato “com esse negócio de Oxum”. Além de garantir que “nosso Deus é mais forte”. Já eliminado do Big Brother Brasil, Rodrigo prestou depoimento. Trata-se de uma exigência processual para o caso, já que a ofensa foi dirigida a ele. Paula terá o direito de apresentar sua versão dos fatos. (Informações do MSN)

COMPARTILHE

Bolsonaro decide cancelar novos radares em rodovias federais

Bolsonaro decide cancelar novos radares em rodovias federais

REUTERS/Paulo Santos 17/08/2009
Foto: Reuters

O presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter para dizer que decidiu cancelar as instalações de radares eletrônicos em rodovias federais e que os contratos serão revisados para avaliar a real necessidade. Segundo Bolsonaro, a medida veio após revelação do Ministério da Infraestrutura de que há pedidos prontos para mais de 8 mil novos radares. “Sabemos que a grande maioria destes têm o único intuito de retomo financeiro ao estado.” De acordo com o presidente, ao renovar as concessões de trechos rodoviários todos os contratos de radares serão revisados, “verificando a real necessidade de sua existência para que não sobrem dúvidas do enriquecimento de poucos em detrimento da paz do motorista.”(Conteúdo: Terra /Estadão)

COMPARTILHE

Desembargador que libertou Temer ficou sete anos afastado

Antonio Ivan Athié  || Foto: AREP/TRF2

Antonio Ivan Athié || Foto: AREP/TRF2

O desembargador federal Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2a Região (TRF-2), foi responsável pela soltura do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco e de João Baptista Lima Filho, o coronel Lima. Athié é presidente da primeira turma especializada em direito penal, previdenciário e da propriedade industrial. O julgamento do habeas corpus dos acusados estava na pauta da sessão da próxima quarta-feira, 27. Athié é relator do caso. Os encontros da primeira turma do TRF-2 são semanais às quartas, compostos por Athié, Paulo Espírito Santo e Abel Gomes.

Athié ficou afastado do cargo durante sete anos, por ter sido alvo de uma ação do Superior Tribunal de Justiça sob acusação de estelionato e formação de quadrilha, em 2004. Um inquérito contra ele, com as mesmas acusações, foi arquivado em 2008 pelo STJ a pedido do Ministério Público Federal. O órgão alegou não ter encontrado provas a respeito de Athié ter proferido sentenças em conluio com advogados. Ele retomou às atividades em 2011, após decisão do STJ. O habeas corpus encaminhado ao Supremo Tribunal Federal pela defesa de Athié foi acatado em 2013 para trancar a ação contra o desembargador. Estadão/Terra

COMPARTILHE

Justiça manda soltar ex-presidente Michel Temer e outros presos na Operação Descontaminação

Justiça manda soltar o ex-presidente Michel Temer || Foto: AFP/BBC News Brasil

Justiça manda soltar o ex-presidente Michel Temer || Foto: AFP/BBC News Brasil

O desembargador do Tribunal Regional da 2ª Região Antonio Ivan Athié acaba de revogar a prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco e de mais seis investigados que estavam detidos desde quinta-feira (21) por decisão do juiz Marcelo Bretas. Athié, que é relator do caso no TRF-2, havia sinalizado inicialmente que iria levar os pedidos de liberdade para julgamento colegiado com mais dois desembargadores, mas, após analisar o caso no fim de semana, concluiu que as prisões afrontavam garantias constitucionais.

“Ressalto que não sou contra a Lava Jato, ao contrário, também quero ver nosso país livre da corrupção que o assola. Todavia, sem observância das garantias constitucionais, asseguradas a todos, inclusive aos que a renegam aos outros, com violação de regras não há legitimidade no combate a essa praga”, escreveu, em sua decisão. Em sua decisão, Athié faz deferências ao trabalho de Bretas e do Ministério Público Federal, mas ressalta não haver evidências de que Temer e os demais investigados representem ameaça à ordem pública, argumento usado para justificar a prisão preventiva. Ao determinar a liberdade do grupo, o desembargador destaca que os contatos entre os investigados litados na decisão de Bretas, por exemplo 400 ligações telefônicas entre o Coronel Lima e o então presidente da Eletronuclear entre 2011 e 2015, são antigos e não comprovam que a suposta atividade criminosa segue em andamento. Com informações do Terra

COMPARTILHE

Tempestade tropical Iba se afasta do Brasil

Foto: Clima Tempo

A tempestade tropical Iba que se formou sobre o mar no primeiro fim de semana do outono de 2019, entre o litoral do Espírito Santo e sul da Bahia, continuava a se deslocar sobre o oceano se afastando do continente na manhã desta segunda-feira, 25 de março. A influência dos ventos fortes e da chuva forte deste sistema ocorrem sobre águas oceânicas e é perigoso para a navegação marítima. Estes ventos e a chuva forte não atingem diretamente o continente. Porém, a proximidade com a tempestade tropical Iba favorece ventos moderadas, com até 50 km/h no litoral entre o  Espírito Santo e sul da Bahia.

As imagens da nebulosidade captadas pelo satélite GOES 16 mostram as áreas de instabilidade de Iba sobre o oceano. A área de instabilidade (mancha vermelha) que aparece próxima ao litoral da Bahia não pertence ao sistema Iba. A Marinha do Brasil mantém o aviso especial de ventos fortes para as áreas oceânicas ECHO (litoral da Bahia) e DELTA (Espírito Santo). A pressão atmosférica mínima estimada na análise de 12 HMG (9 horas em Brasília) é de 1006 hPa, com centro em 19S e 037W (medidas em graus de latitude e longitude), com vento máximo estimado em 83,2 km/h (45 nós). Veja abaixo o aviso original. Informações do Clima Tempo

COMPARTILHE

Próximo destino de Bolsonaro, Israel é país prioritário para o governo

Jair Bolsonaro recebe visita do Primeiro-Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Jair Bolsonaro recebe visita do Primeiro-Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Antes que março termine, o presidente Jair Bolsonaro – que esteve nos Estados Unidos e no Chile nos últimos dias – ainda tem pela frente uma viagem a Israel, onde desembarca no próximo domingo (31). A intensa agenda internacional cumprida ao longo deste mês reuniu em um curto intervalo destinos que já vinham sendo sinalizados, desde a campanha eleitoral, como prioritários para o governo. Em Israel, Bolsonaro retribuirá a presença do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu em sua posse, mas, principalmente, buscará negociar, ao lado do chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, e outros integrantes de seu primeiro escalão – ainda não confirmados – ampliação de trocas na área comercial, em ciência e tecnologia e na cooperação em segurança pública e defesa.

Presença quase certa na comitiva, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, esteve no país do Oriente Médio no início do ano para conhecer projetos de inovação e tecnologias estratégicas que despertam interesse brasileiro como as instalações de dessalinização de água. Por mais de uma vez, a administração Bolsonaro destacou a expertise israelense nesta área, com sofisticados sistemas de irrigação e dessalinização e uso de sementes resistentes à seca. Medidas que poderiam ser replicadas como solução para o Semiárido brasileiro. No campo comercial, as conversas devem se concentrar nas exportações brasileiras de carne bovina e soja. Os produtos integram uma carteira de vendas brasileiras para Israel, que, no ano passado, superaram a marca dos US$ 293 milhões, segundo dados do Ministério da Indústria e Comércio do Brasil. Em contrapartida, o Brasil importou, em mercadorias do Oriente Médio, US$ 1,060 bilhão. O maior volume de importação se concentra em produtos como cloreto de potássio (28% do total), além de inseticidas e herbicidas, que respondem por 24% das exportações.

COOPERAÇÃO

O Itamaraty classifica as relação entre os dois países de cordial e positiva. Israel chegou a enviar um equipe de militares e equipamentos para ajudar nas buscas de mortos na tragédia de Brumadinho, em janeiro. Dados do governo brasileiro apontam presença de significativa comunidade judaica no Brasil, estimada em mais de 100 mil pessoas, considerada a décima maior do mundo. As realções diplomáticas entre Brasil e Israel foram estabelecidas em 1949 e, em 1951, foi criada a Legação do Brasil em Tel Aviv – elevada, em 1958, à categoria de Embaixada. Israel estabeleceu embaixada no Brasil em 1955. O debate sobre a sede da embaixada brasileira em Israel foi uma das questões aventadas por Bolsonaro desde a campanha. O então candidato à presidência do Brasil defendeu a mudança da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, seguindo decisões semelhantes as adotadas pelos Estados Unidos e Guatemala. Mas, o governo decidiu amadurecer o tema. Conteúdo reproduzido da Agencia Brasil de Notícias

COMPARTILHE