admin Arquivo







Maconha com fotos de Bolsonaro é apreendida em Mogi Mirim

Jovem de 17 anos foi apreendido com porções de maconha contendo a foto do presidente Jair Bolsonaro, em Mogi Mirim, interior de São Paulo

Foto: Guarda Municipal de Mogi Mirim/Divulgação 

Porções de maconha com fotos do presidente Jair Bolsonaro foram apreendidas neste final de semana de carnaval em Mogi Mirim, no interior de São Paulo. As 37 porções da droga, acondicionadas em embalagens plásticas transparentes, estavam sendo vendidas por um menor de idade, na noite de sábado, 2. Além da maconha, os saquinhos continham uma foto do presidente com as inscrições “Bolso Bek” e “na primeira, legalizo”.

A droga estava com jovem de 17 anos. Ele foi apreendido pela Guarda Civil de Mogi Mirim e colocado à disposição da Justiça. Os guardas foram ao local, uma praça da Vila Dias, na zona leste da cidade, depois de receberem a informação de que havia ponto de venda de drogas instalado na praça. Além da maconha, o jovem tinha consigo 28 pinos de cocaína e R$ 7. No plantão da Polícia Civil, o caso foi registrado como ato infracional por tráfico de drogas, já que o traficante é menor de idade. O destino do rapaz será decidido pela Vara da Infância e da Juventude de Mogi Mirim. // Estadão Conteúdo

COMPARTILHE

Justiça decreta prisão preventiva de três funcionários dos Correios

A Justiça do Paraná decretou a prisão preventiva de três funcionários do Centro de Encomendas Internacionais dos Correios, em Pinhais, no Paraná, que foram detidos temporariamente no último dia 28. De acordo com a Polícia Federal (PF) em Curitiba, a decisão ocorreu depois de feitos interrogatórios, análise do material aprendido e indiciamento dos acusados. “A PF apurou que os trabalhadores violavam correspondências e desviavam seus conteúdos, em especial drogas sintéticas enviadas ilegalmente do exterior para o Brasil”, explicou, em nota, a assessoria do órgão. A prisão temporária perderia efeito no domingo (3), por isso o pedido dos investigadores foi encaminhado à 12ª Vara da Justiça Federal na última sexta-feira (1º).

A prisão temporária tem duração de cinco dias, prorrogáveis por mais cinco, e ocorre durante a fase de investigação do inquérito policial, para coleta de provas. A preventiva, prevista no Código de Processo Penal, não tem prazo pré-definido e pode ser decretada em qualquer fase da investigação policial. A medida é adotada quando há evidências de crime, para evitar que o réu continue a atuar fora da lei ou atrapalhe o andamento do processo. Os investigados foram indiciados pelos crimes de peculato e associação criminosa. A denúncia partiu da própria empresa que identificou as irregularidades e acionou a PF. Em nota, os Correios explicaram que os empregados terceirizados envolvidos no esquema serão desligados, enquanto os concursados serão submetidos à corregedoria interna. (Informações do JornalCorrêio)
COMPARTILHE

Módulos de saúde já atenderam 11 pessoas baleadas neste carnaval

Os módulos de atendimento médico da Secretaria Municipal de Saúde até a noite de segunda-feira, já registraram 11 entradas de pacientes baleados contabilizando os dados dos três circuitos do Carnaval. Segundo informações, foram cinco registros no circuito Dodô (Barra-Ondina) e seis no Osmar (Campo Grande). Ainda de acordo com a SMS, a maioria dos casos não são graves.

COMPARTILHE

Dois presos fogem da Penitenciária Lemos Brito através de buraco na cela

Dois presos fugiram do módulo II da Penitenciária Lemos Brito, em Mata Escura, através de um buraco na cela, na madrugada do último domingo (3). De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), os homens fizeram o buraco na cela e depois utilizaram uma “tereza” (corda improvisada) para fugir pelo muro. Agentes Penitenciários e Policias Militares realizam busca, mas ninguém foi encontrado. A Seap informou ainda que os internos foram identificados como Carlos Eduardo Santos Nascimento, Joselito Sales Barbosa. Não há informações sobre os crimes pelos quais eles foram presos.

COMPARTILHE

Jovem de Ibirataia morre em ação policial na praia de Saquaíra

Um morador de Ibirataia morreu em uma ação policial da Rondesp Sul, na noite do último domingo, 3, no povoado de Saquaíra, na península de Maraú. Segundo informou o blog Barra Grande 24 Horas, Raitan Lima, de 22 anos, foi baleado em um confronto com os policiais. Ele não resistiu e acabou falecendo. Conforme as informações, a Guarnição da Rondesp realizava rondas na praia de Saquaíra com o objetivo de combater o aumento no número de assaltos que foi registrado no último sábado durante a festa de carnaval. Não foi informado se Raitan já possuía antecedentes criminais. O corpo foi levado para o IML em Ilhéus. (GiroemIpiaú)

COMPARTILHE

Morador de Poções morre afogado na praia Cururupe em Ilhéus

Gerson da Silva Dias (Gê), 24 anos, morreu afogado na tarde deste domingo (3), em uma praia próxima à Ilhéus. Ele fazia parte de uma excursão que foi passar o feriado prolongado naquela região. De acordo com informações obtidas pelo Portal Panorama Geral, eles estavam na praia do Cururupe, quando Gerson teria sido surpreendido pela alta rápida da maré, não conseguindo retornar à praia. Familiares, amigos e um dos coordenadores da Secretaria Municipal de Saúde estão no Hospital de Ilhéus para seguir com os procedimentos para liberação do corpo, após passar pelo IML. Gerson era morador do bairro Nova Sião. Seu corpo será velado na rua Argemiro Teles Pinheiro, localizada no bairro onde o mesmo residia, de onde sairá para o sepultamento, nas próximas horas. Informações do Verdinho Notícias

COMPARTILHE

Carnaval de Salvador registra o dobro de prisões este ano

O Carnaval de Salvador deste ano registrou, nos primeiros três dias, o dobro de prisões do que o mesmo período do ano anterior. Até o momento, houve 2029 conduções para delegacias, 960 delas por uso ou tráfico de drogas nos circuitos da folia e 43 devido a prisões em flagrante. Os dados foram revelados em balanço apresentado na manhã de hoje (3) pelo governador Rui Costa. Ainda de acordo com Rui, não houve registro de lesões graves e homicídios e os números da segurança pública estão equivalentes aos do Carnaval do ano passado.
COMPARTILHE

Bandidos explodem caixa do Bradesco em São José da Vitória

Fotos reprodução/TV Santa Cruz

Criminosos invadiram o correspondente bancário do Bradesco em São José da Vitória, a cerca de 50 quilômetros de Itabuna, e explodiram o caixa eletrônico do local, que funciona no térreo do prédio onde fica a Prefeitura. No chão, ficaram as marcas do dispositivo eletrônico anti-furto, usado para marcar as cédulas em caso de roubo. Parte de uma janela da Secretaria de Assistência Social, ao lado, também foi destruída com a explosão. Segundo a população, o caixa, que é o único da cidade, devia estar abastecido porque é época de pagamento dos aposentados. Ainda não se sabe a quantia levada pelos ladrões. Informações  do Diário Bahia

COMPARTILHE

PRF apreende mais de 4 kg de cocaína transportados em veículo

(Foto: Divulgação/PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã de sexta-feira (01), aproximadamente 4,300kg de cocaína, embaladas em tabletes. A droga estava escondida em um compartimento nas laterais do veículo modelo Peugeot 307. O flagrante ocorreu durante fiscalização da PRF de combate a criminalidade no KM 677 da BR-116, em Jequié. Inicialmente foi dada ordem de parada ao veículo, sendo realizado pelos agentes os procedimentos de abordagem. Durante a entrevista ao motorista, um homem de 31 anos, percebeu-se certo nervosismo e contradições.

Em seguida foi realizada vistoria minuciosa no automóvel, foi quando os policiais encontraram os tabletes que estavam escondidos em um nicho nas duas laterais do carro. Ao ser questionado, o homem informou que recebeu o carro e a droga em São Paulo (SP), recebendo a quantia de 4.000 mil reais pelo transporte. O destino do entorpecente seria a cidade alagoana de Arapiraca. Diante dos fatos, o detido foi levado com o produto apreendido para a Delegacia de Polícia Civil em Jequié e apresentado à autoridade policial.

COMPARTILHE

Carro cai de ponte e é encontrado sem ocupantes em rio no município de Ituberá

Foto: blog Portal Pratiji

Um caso está intrigando a população de Ituberá após relatos de um veículo ter caído da Ponte da Saicí, na madrugada deste sábado (2). Segundo relatos de moradores do Bairro Saicí, onde fica localizado o atracadouro conhecido como Ponte da Saicí, o veículo arrebentou as correntes que fecham a ponte à noite e avançou até cair no Rio Serinhaém. Ainda segundo as informações, por volta das duas da madrugada foi ouvido um barulho de um veículo atravessando o quebra-molas em alta velocidade e em seguida uma voz feminina, aos gritos, pedindo socorro. Ainda segundo os relatos, o veículo continuou em direção ao final da ponte até cair no rio.

Foto: blog Portal Pratiji

A polícia foi acionada e por volta das sete da manhã uma unidade do Corpo de Bombeiros chegou ao local mas nada pode ser feito, uma vez que era necessária a presença de mergulhadores, o que só ocorreu depois que pescadores locais e um grupamento do Anjos da Vida, de Ituberá, começou a vasculhar toda área no intuito de localizar o suposto veículo. Após uma manhã inteira de buscas, às 12h30 deste sábado, foi localizado o veículo, um Ford Ka, preto, placa policial JSD 3373, da cidade de Muritiba, com os vidros quebrados e a porta dos fundos (porta-malas) aberto. Nenhum corpo foi encontrado dentro do veículo. A Polícia Militar isolou a área e acionou a perícia para iniciar as investigações. Informações do blog Portal Pratiji

COMPARTILHE

Acusado de matar e enterrar colombianos será julgado em 15 de março

Magno no primeiro plano e vítimas ao fundo|| Fotomontagem FRN

O juiz Gustavo Henrique de Almeida Lyra, da Vara de Execuções Penais da Comarca de Ilhéus, marcou para o dia 15 de março, no Fórum Epaminondas Berbert de Castro, o julgamento do comerciante Magno Rodrigues Silva, informa o blog FRN. Rodrigues é acusado de envolvimento no assassinato dos colombianos Diana Paola Zuluaga Grisales e Yorleth Andres Alban Tenório (lembrar). Os colombianos foram mortos em 18 de maio do ano passado, em Aritaguá, zona norte de Ilhéus.
Os corpos de Diana e Andres foram enterrados numa cova rasa, descoberta pela polícia na mesma noite do crime. O acusado e um comparsa estavam no local, mas conseguiram fugir de um cerco policial, segundo investigações. Magno Rodrigues se entregou 19 dias depois do duplo homicídio, em 6 de junho de 2018. De acordo com a polícia, Diana e Andres sofreram uma emboscada armada por Magno Rodrigues, que tinha uma dívida de R$ 50 mil com as vítimas. Em depoimento à polícia, o comerciante confessou participação no duplo homicídio e disse que os disparos contra os colombianos foram feitos por Cosme Santana Nunes, seu funcionário à época. Informações do Blog do Pimenta

COMPARTILHE

‘Não precisa de tantos dias’, diz Rui Costa sobre o Carnaval

Foto : Matheus Simoni / Metropress

Em coletiva de imprensa do governo, realizada na manhã de hoje (3) no Campo Grande, o governador Rui Costa alega que muitos dias de Carnaval não atraem mais público.  Ao ser questionado sobre a possibilidade de diminuição da quantidade de dias do Carnaval, o governador afirmou que para ele “a festa tem que ser grande e esplendorosa, mas não precisa de tantos dias”. “Quinta-feira por exemplo, as ruas não estavam tão cheias mesmo com grandes atrações se apresentando. As pessoas de baixa renda não têm dinheiro para tantos dias, então elas acabam escolhendo em quais irão”, exemplifica.

O governador, entretanto, explica que não pode falar sobre uma eventual redução da quantidade de dias, já que o responsável pela realização do Carnaval é a prefeitura. “Quem organiza não é o governo do Estado. O estado apenas apoia na segurança, saúde, etc, então cabe à prefeitura falar sobre isso”. Ainda segundo Rui Costa, o investimento do governo no Carnaval chega a R$ 80 milhões. Informações: Metro 1

COMPARTILHE

Bolsonaro muda regra para dificultar pagamento de contribuição sindical

Reprodução

As contribuições financeiras de trabalhadores para seus sindicatos não poderão mais ser descontadas diretamente dos salários e terão, a partir de agora, que ser pagas exclusivamente por boleto bancário. Essa nova regra está prevista em uma medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, publicada em edição extra do “Diário Oficial da União” da sexta-feira (1º).

Uma medida provisória tem força de lei e passa a valer a partir de sua publicação. Entretanto, ela precisa ser aprovada pelo Congresso em até 120 dias, caso contrário perde validade e a regra antiga volta a vigorar. A contribuição sindical já havia deixado de ser obrigatória na reforma trabalhista proposta pelo governo do ex-presidente Michel Temer e aprovada pelo Congresso em 2017. Desde então, os trabalhadores são obrigados a expressar a vontade de contribuir para seu sindicato, mas o desconto continuava sendo feito diretamente do salário pelas empresas, como antes da reforma.

Em uma rede social, o secretário de Previdência e Trabalho do governo Bolsonaro, Rogério Marinho, disse que a decisão do governo de editar uma medida provisória para tratar do assunto se deve “ao ativismo judiciário que tem contraditado o legislativo e permitido cobrança” das contribuições sindicais. Marinho foi o relator da proposta da reforma trabalhista do governo Michel Temer. Desde o fim de 2017, sindicatos recorrem à Justiça para tentar manter a cobrança, mas a maioria das ações tem sido rejeitada no TST.

Em julho, o Supremo Tribunal Federal (STF) negou os pedidos para tornar novamente obrigatório o pagamento da contribuição sindical pelos trabalhadores. A Corte analisou 19 ações de entidades sindicais contra a regra da reforma trabalhista que tornou o repasse facultativo, em que cabe ao trabalhador autorizar o desconto na remuneração. A medida provisória pode dificultar o recolhimento das contribuições pelos sindicatos, que desde a reforma trabalhista perderam arrecadação. No ano passado, no acumulado até setembro, a arrecadação da contribuição sindical despencou 86% em relação ao mesmo período de 2017, passando de R$ 1,9 bilhão para R$ 276 milhões. Informações do G1

COMPARTILHE

Dono de tradicional reduto do samba no RJ morre no sábado de Carnaval

Foto: Divulgação

Morreu na tarde deste sábado (2/3), aos 75 anos, Alfredo Jacinto Melo, o Alfredinho. Ele era dono de um dos mais tradicionais redutos do samba no Rio de Janeiro, o Bip Bip. Alfredinho faleceu em casa, em Copacabana. Não foram divulgadas as causas da morte nem informações sobre o sepultamento, que deve ser realizado neste domingo (3). O Bip Bip surgiu em 13 de dezembro de 1968, mesma data da decretação do Ato Institucional nº 5, o AI-5, que intensificou a repressão no período militar. Alfredinho frequentava o local desde a inauguração, mas se tornou dono em 1984.

O bar, de apenas 18 metros quadrados, fica Rua Almirante Gonçalves, em Copacabana, Zona Sul do Rio. No local, Alfredinho promovia desde que assumiu a administração rodas de samba que contam com a participação de artistas consagrados do país, estrelas do samba e pagode, cantores das agremiações carnavalescas cariocas, atores, celebridades e estudantes. A maioria dos frequentadores é alinhada politicamente com a esquerda.

Para não incomodar a vizinhança, Alfredinho pedia aos convidados para estalarem os dedos, em vez de aplaudir ao fim de cada música. O atendimento também é informal: cada um pega a cerveja na geladeira e o dono anotava tudo. Mesmo quem passa a noite na rua, antes de ir embora vai ao balcão e acerta sua conta. Na noite deste sábado de Carnaval, os amigos celebração a vida de Alfredinho com homenagens nos 18 metros quadrados do Bip Bip e no meio da rua, como era comum nas noites de samba da Almirante Gonçalves. Informações do Metropoles

COMPARTILHE

Juíza do DF autoriza e Luiz Estevão vai para regime semiaberto

Foto: Divulgação

A juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal, autorizou nesta sexta-feira, 1.º, a progressão de pena do empresário Luiz Estevão para o regime semiaberto. A informação foi revelada pelo site “Metrópoles” e confirmada pelo Estado. A decisão da juíza ainda não está disponível no autos do processo, mas a reportagem teve acesso ao documento. A Lei de Execução Penal prevê a progressão quando o preso tiver cumprido ao menos um sexto da pena no regime anterior e ostentar bom comportamento carcerário, requisitos que foram atendidos por Estevão, de acordo com a magistrada. “No que tange ao requisito legalmente exigido para a progressão ao regime semiaberto, verifico que este foi devidamente preenchido pelo sentenciado. Com efeito, observo que foi cumprido, até a presente data, mais de um sexto da pena total imposta, considerando os dias trabalhados e estudados homologados por este juízo para remição da pena”, escreveu Leila Cury.

Estevão foi condenado a 26 anos de reclusão em 2006 por desvios de recursos públicos nas obras do Fórum Trabalhista de São Paulo. Ele cumpre pena em regime fechado desde março de 2016 no Complexo da Papuda, em Brasília. “Quanto ao requisito subjetivo, não vislumbro óbice à concessão da progressão, uma vez que não há infração disciplinar de natureza grave pendente de apreciação por esta VEP, não havendo notícia de ocorrência apta a macular o comportamento carcerário do sentenciado, conforme consulta ao prontuário registrado no Siapen”, escreveu a magistrada.

Na mesma decisão em que concedeu a progressão de pena, a juíza também autorizou que o ex-senador do MDB pelo DF trabalhe durante o dia e tenha direito a saídas temporárias ao longo do ano. Os horários de trabalho ainda terão de ser definidos pela VEP. Já o calendário de saídas temporárias de 2019 foi divulgado e prevê 11 saídas ao longo do ano. A próxima saída a que Estevão poderá ter direito será do dia 28 de março a 1.º de abril. O advogado Marcelo Bessa, que atua na defesa do empresário, disse que a decisão é técnica e corresponde às expectativas. “Porque (foi) baseada nos precedentes jurisprudenciais do Supremo e também no cumprimento efetivo de todos os requisitos objetivos e subjetivos”, disse. (Conteúdo Isto É)

COMPARTILHE

Após se despedir de neto falecido, Lula volta à prisão

Foto: AFP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva retornou neste sábado (2) à prisão onde cumpre uma condenação por corrupção, após comparecer emocionado ao funeral de seu neto Arthur, em São Bernardo do Campo, com uma permissão para deixar por algumas horas a prisão sob uma forte escolta. O ex-presidente (2003-2010) voltou à sede da Polícia Federal, em Curitiba, por volta das 15h45, quase nove horas depois de iniciar a sua viagem para o cemitério de São Bernardo do Campo, onde se despediu de seu neto, que faleceu repentinamente devido a uma meningite aos sete anos. Com um gesto cansado, Lula chegou às 11h00 à cerimônia em um comboio de automóveis pretos, do qual desceu escoltado por agentes armados.

Usando um terno escuro e uma camisa clara, cumprimentou com muito sério os militantes que o aguardavam na porta aos gritos de “Lula, guerreiro do povo brasileiro”. Quase duas horas depois, deixou o local aplaudido por seus partidários. Apoiando a família do patriarca da esquerda também estiveram vários representantes de movimentos sociais e do Partido dos Trabalhadores, como a ex-presidente Dilma Rousseff e Fernando Haddad, candidato derrotado nas últimas eleições. Numerosos ramos de flores adornavam a sala onde ocorreu o velório, fechado à imprensa, incluindo uma coroa enviada pelo presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, informou o jornal Folha de São Paulo. Sem conseguir conter as lágrimas, o ex-líder sindical, de 73 anos, se dirigiu aos seus parentes durante a cerimônia que antecedeu a cremação do menino, pouco antes de ter que ir embora. “As palavras de Lula ao se despedir emocionaram a todos”, contou depois João Pedro Stedile, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), ao portal G1.

COMPARTILHE

Marina Ruy Barbosa toma decisão drástica após polêmica

Imagem: Reprodução / Instagram

Marina Ruy Barbosa está exausta após uma crise nervosa nos bastidores de “O Sétimo Guardião”. Prova disso é que a beldade tomou uma decisão importante sobre o seu Carnaval ao lado do marido, Xandinho Negrão. A atriz e principal nome da novela das 21h não estará em nenhum desfile, camarote ou bloco de rua durante o Carnaval. Mais: o feriadão da ruiva será longe do Rio de Janeiro. A informação é do jornal Extra.  A ideia de Marina é fugir dos holofotes e de qualquer outra nova polêmica após viver semanas difíceis devido à separação de José Loreto e Débora Nascimento. É a primeira vez que a atriz terá folga desde a explosão do divórcio do ex-casal.

A artista, desde que foi apontada como a pivô da separação, saiu de vilã como vítima da história. Até aqui não surgiu nenhuma prova que pudesse culpar qualquer atitude dela. Nas redes sociais o público esteve a seu favor. Sem revelar onde será a sua estadia durante o Carnaval, Marina e Xandinho terão mais tempo juntos após o fim das gravações da novela das 21h. A atriz ganhou um longo período de férias da Globo. Informações: RD1

COMPARTILHE

Carro do ministro Ricardo Salles é atacado na Bahia

Foto: Adriano Machado / Reuters

Por: Tânia Monteiro e Vera Rosa

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi alvo de agressões por parte de integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) e do Partido da Causa Operária (PCO), quando saía nesta quarta-feira, 27, de cerimônia comemorativa da concessão do Parque Nacional do Pau Brasil, em Porto Seguro (BA). Salles disse que a Polícia Federal abriu investigação para apurar os fatos. Em mensagem no Instagram, o ministro postou fotos e até um vídeo mostrando o carro em que estava sendo cercado por manifestantes. Um deles exibia o adesivo “Fora, Bolsonaro” colado na blusa. O titular do Meio Ambiente classificou o episódio como “uma vergonha”.

Após o ataque, Salles seguiu para Brasília, onde participou da reunião do Conselho de Defesa Nacional, no Palácio do Planalto. Ele apresentou as imagens das agressões ao presidente Jair Bolsonaro e a ministros. No vídeo, manifestantes aparecem esmurrando o carro, que tem o para-brisa trincado. Salles foi chamado de “golpista” e “desgraçado”. Ao Estado, ele disse que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, afirmou que o caso é de “atentado” contra servidor público no exercício da função. O site Causa Operária, ligado ao PCO, também divulgou vídeo mostrando que um carro do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) tentou passar pelo protesto. “Ao chegar lá, o carro da comitiva (do ministro) se colocou contra os manifestantes. Os sem terra reagiram pulando em cima do carro do ICMBio”, diz o site. Procurado por meio de sua assessoria, o MST não se manifestou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

COMPARTILHE

Após quatro anos de prejuízos, Petrobras volta a ter lucro

Dig38569

A Petrobras fechou o ano de 2018 com um lucro de 25,8 bilhões de reais, segundo informou a estatal petrolífera nesta quarta-feira (27/02), em seu balanço anual. Esse foi o melhor resultado desde 2011 e o primeiro positivo desde 2013, após quatro anos consecutivos de prejuízos. “A performance da Petrobras, em 2018, foi indiscutivelmente a melhor em muitos anos, o que inclui a obtenção de alguns recordes históricos”, afirmou o presidente da empresa, Roberto Castello Branco, em carta enviada ao mercado. Segundo a estatal, o resultado de 2018 foi influenciado por fatores como o aumento de 50% no preço médio do petróleo, em reais, em relação a 2017, além de maiores margens nas vendas de derivados no Brasil e nas exportações de petróleo, acompanhando a valorização do dólar. As receitas somaram 349,8 bilhões de reais em 2018 – um crescimento de 23% ante 2017 -, impulsionadas pelos preços dos combustíveis 32% acima da média do ano anterior. O lucro operacional cresceu 77% em comparação com 2017, chegando a quase 63 bilhões de reais.

No ano passado, a Petrobras ainda arrecadou 20,2 bilhões de reais com venda de ativos, envolvendo, principalmente, fatias de projetos de produção de petróleo compradas pela americana Murphy Oil, a francesa Total e a norueguesa Equinor. Os valores foram utilizados para o pagamento de dívidas da estatal brasileira. Em 2018, o endividamento líquido sofreu uma queda de 4%, ficando em 268,8 bilhões. Com os resultados, a empresa informou que vai distribuir um total de 7,1 bilhões de reais em dividendos aos acionistas, considerando as antecipações feitas durante o ano. Também será paga participação nos resultados para os empregados. O lucro do ano passado foi possível mesmo com uma queda de 5% na produção de petróleo e gás, fechando 2018 com 2,628 milhões de barris de óleo equivalente por dia. “Esse desempenho reflete desinvestimentos realizados e o declínio natural de campos maduros”, disse a empresa.

“Outro destaque é a entrada em operação de seis novos sistemas de produção (até fevereiro de 2019), sendo cinco no pré-sal e um em Tartaruga Verde, na Bacia de Campos”, afirma a nota. “A entrada das novas plataformas nos dá confiança sobre nossa meta de crescimento da produção, de 5% ao ano até 2023”, completou Castello Branco. O último resultado positivo da Petrobras foi registrado em 2013, antes da revelação do escândalo de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. O megaesquema acabou influenciando os resultados da companhia nos anos seguintes. Em 2017, o prejuízo foi de 446 milhões de reais e, em 2016, de 14,8 bilhões de reais. O de 2015 foi ainda maior: 34,8 bilhões de reais. Com Informações da DW

COMPARTILHE

Bolsonaro diz que esquerda gosta de pobres e os multiplica

Foto: Marcos Corrêa / PR

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, em declaração ao lado do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, que a esquerda gosta tanto de pobres que os multiplica. Após reunião com Guaidó no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que o Brasil apoia o restabelecimento da democracia no país vizinho e fez um “mea culpa” ao afirmar que dois ex-presidentes brasileiros colaboraram com a atual situação de crise vivida pela Venezuela, em aparente referência aos petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. O presidente também afirmou que o Brasil caminhava para uma situação similar à que passa a Venezuela, mas que, segundo ele, o povo acordou, numa referência à sua vitória eleitoral no ano passado. Conteúdo reproduzido do Terra

COMPARTILHE

Secretaria de educação de Maraú realiza jornada pedagógica 2019

Na última terça-feira, dia 26, de fevereiro, professores, coordenadores e gestores escolares participaram da Jornada Pedagógica 2019 de Maraú, evento que marca o início do ano letivo no município. Nesse ano, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte, discutiu a Implementação da Base Nacional Curricular. Na oportunidade, estiveram presentes na composição da mesa, a prefeita Gracinha Viana; o secretário municipal de Educação Antônio Carlos; Secretário de Administração Samar; Secretário de Infraestrutura Tinho; vereadores Paulino Ribeiro e Júlio César; Advogado Elpinor e Socorro presidente da APLB.

O grande encontro, que é voltado aos gestores escolares da Rede Municipal de Ensino e equipe técnica da SEMED,  aconteceu no colégio municipal Dr Antenor Lemos (CMDAL). Para a prefeita, o professor é uma das peças mais importantes da educação, “Eu como gestora,  tenho procurado fazer minha parte, melhorando a estrutura das escolas sempre dentro das possibilidades financeiras do município” disse a prefeita. A Jornada Pedagógica é fundamental para o planejamento do trabalho a ser realizado pelas escolas municipais e a Secretaria de Educação ao longo de 2019. Em seguida, cada escola realiza sua própria semana pedagógica com os professores, a fim de analisar os índices educacionais e ações de 2018 e discutir meios eficazes para a aplicação na aprendizagem. (ASCOM / Maraú)

COMPARTILHE

Guaidó deve chegar ao Brasil por volta da meia-noite

Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino da Venezuela || Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir com Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino da Venezuela, entre amanhã (28) e sexta-feira (1º). O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, participará do encontro. O venezuelano é esperado em Brasília por volta da meia-noite, segundo a assessoria da vice-presidência da República. No mês passado, o Tribunal Supremo de Justiça proibiu Guaidó de deixar o país e congelou suas contas. A Corte atendeu a um pedido do procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, aliado do presidente Nicolás Maduro. Apesar das ordens, o interino foi à Colômbia e prometeu retornar à Venezuela em breve.

Juan Guaidó e Hamilton Mourão, vice-presidente do Brasil || Foto: Reprodução

Há dois dias, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, conversou em particular com Guaidó, em Bogotá, na Colômbia. Antes, Araújo também se reuniu com Guaidó. Eles participaram da reunião do Grupo de Lima, da qual participaram representantes das Américas, em defesa de uma saída pacífica para crise venezuelana sem interferência externa.

VIOLÊNCIA

Nos últimos dias o clima de confronto dominou a região fronteiriça da Venezuela com o Brasil e a Colômbia. Por ordem de Maduro, a fronteira com o Brasil foi fechada. Houve dificuldades para o transporte da ajuda humanitária internacional com registros de mortos e feridos. Segundo relatos, militares venezuelanos atiraram na direção de civis desarmados. Para Maduro, há uma orquestração internacional, liderada pelos Estados Unidos e Colômbia, com o objetivo de promover uma intervenção na Venezuela. Ele e aliados negam a existência de crise humanitária no país. (Com informações da TVN, emissora oficial do Chile/Isto É).

COMPARTILHE

Maquinista morre após resgate dramático de 7 horas no Rio

Imagem: Isto É

O maquinista de um dos trens que bateram na manhã desta quarta-feira (27) em São Cristóvão, no Rio de Janeiro, morreu após mais de sete horas de resgate, de acordo com informações do G1. Segundo a reportagem, logo após ser retirado da composição, os bombeiros iniciaram procedimento de reanimação, com massagem cardíaca e o uso de desfibrilador que durou cerca de 40 minutos. O maquinista, que ficou preso às ferragens, foi mantido vivo por horas respirando com auxílio de um balão de oxigênio e com transfusão de sangue e aplicação de soro. Além do maquinista, outras oito pessoas ficaram feridas no acidente. Sete delas foram atendidas e já receberam alta, e uma das vítimas foi para o Salgado Filho, no Méier, onde segue internado, com quadro estável. (Conteúdo, Isto É)

COMPARTILHE

Lula é intimado pela Lava Jato a depor sobre delação de Palocci

Foto: Jornal do Brasil

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi intimado a depor no dia 22 de março em inquérito da Polícia Federal embasado nas delações premiadas do ex-ministro Antonio Palocci Filho e da empreiteira Odebrecht. Em delação, o homem forte de governos petistas afirmou ter feito entregas de dinheiro vivo ao ex-presidente. O delegado da Lava Jato em Curitiba Felipe Pace ainda quer informações que corroborem com o acordo da construtora e documentos do doleiro Álvaro José Novis sobre supostas entregas a codinomes inseridos na planilha Italiano – uma espécie de conta corrente de supostas propinas delatada pela Odebrecht em benefício do ex-presidente.

A Polícia Federal quer mais detalhes sobre repasses que constam na planilha da Odebrecht. Entre as senhas que os emissários teriam de utilizar para retirar os valores, que variam de R$ 500 mil a R$ 1,5 milhões, estão “espaguete”, “pasta”, “massa”, “pene” e bambino”. Para tanto, os investigadores querem ouvir o doleiro Álvaro José de Novis, que era contratado pela empreiteira para efetuar as entregas de dinheiro. “É imprescindível que as respostas sejam apresentadas com riqueza de detalhes a permitir, na medida do possível, a identificação do recebedor dos recursos, o efetivo endereço das entregas, o valor, as senhas e responsável (com dados qualificativos) pelas entregas dos valores”, diz o delegado. Até 8 de março, a PF quer que Marcelo Odebrecht e Benedicto Júnior, da Odebrecht, entreguem detalhes de e-mails que envolvam os repasses. (Estadão Conteúdo)

COMPARTILHE