Almadina: Prefeita alega “crise mundial” para cortar gastos

alba

Em Almadina a prefeita Alba Gleide (PSD), publicou um decreto alegando a “crise mundial” para cortar despesas na prefeitura. Segundo a prefeita, a medida é para “atender a Lei de Responsabilidade Fiscal”. O curioso é que no primeiro semestre de governo, a prefeitura contratou por R$ 646.400,00, a empresa Auto Posto Apolo LTDA para o fornecimento de combustíveis, por R$ 998.623,48 a empresa para locar carros, R$ 124 mil na realização da festa do dia da cidade e contratou a empresa Costa Lins por R$ 20 mil para a realização da Jornada Pedagógica do município. Parece que no início do governo faltou planejamento e prioridade a prefeita, por esse motivo “alegou a crise mundial” para cortar gastos e até ameaçar demissões.(Políticos do Sul da Bahia).

COMPARTILHE