BAHIA: AUTOR DE MASSACRE EM JUSSIAPE TINHA RIXA COM PREFEITO

O atirador ainda foi socorrido mais chegou morto no hospital da cidade.

Autor do assassinato do prefeito e primeira-dama de Jussiape, Claudionor Galvão de Oliveira tinha uma rixa política com o gestor por ter cancelado um contrato de concessão de um estabelecimento. Segundo informações do Correio, o homem, mais conhecido como Colon, mantinha um bar em um quiosque público e ganhou o direito de explorar o local em 2009, época em que seu amigo pessoal, Vagner Neves Freitas, era prefeito da cidade.

Colon estava com farta munição, ele utilizava cintos com munição amarrados na cintura e no pescoço.

Com a cassação de Vagner em 2010, assumiu a administração municipal Procópio Alencar,  que encontrou irregularidades na licitação e cancelou o contrato de concessão. No último sábado, Colon matou Procópio, assim como a esposa do gestor, Jandira, e o diretor da Embasa, Oderlange Novaes. O autor do massacre espalhou terror pela cidade por praticamente uma hora, ao perseguir inimigos. Antes de ser morto, Colon ainda baleou dois policiais.

Duas vitimas do caçador foram baleadas e levadas pelo SAMU para o hospital, entre elas, um policial militar baleado na cabeça.

COMPARTILHE