Bahia: Diretora de escola foi executada na presença dos alunos
RTEmagicC_mariadasgracas_EV.jpg

Foto: Evandro Veiga.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já requisitou o retrato falado dos suspeitos de matar a diretora Maria das Graças Santos da Sival, 48 anos, na manhã desta quinta-feira (20), em frente à Escola Filhos dos Reis, no bairro de Valéria. Até o momento, sete pessoas foram ouvidas pela polícia, incluindo o funcionário que abriu o portão para os suspeitos. A polícia ainda não tem uma linha de investigação definida. Os dois suspeitos estavam armados e pediram que a diretora fosse até o portão para conversar, informou a Polícia. Quando Maria chegou ao portão, foi atingida por quatro tiros na cabeça. Ela morreu na hora. Segundo a polícia alguns alunos presenciaram o crime, mas nenhum deles ficou ferido. Houve pânico na escola após o crime. Os suspeitos fugiram do local.A autoria e a motivação estão sendo investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O DHPP investiga o envolvimento de um ex-genro da diretora no crime – a filha terminou o relacionamento a conselho da mãe, segundo testemunhas.(Correio).

COMPARTILHE