Bahia: Morre mais um policial militar após treinamento no curso de “Caveiras”

lucianofiuza

O soldado da Policia Militar, Luciano Fiuza de Santana, morreu na noite desta quarta-feira (18). Ele era lotado no 12º Batalhão e, a exemplo de mais quatro militares, sofreu exaustão após correr 10 km usando coturno durante treino de grupo especial da PM, Caveira. O policial estava na UTI do Hospital São Rafael e sofreu uma parada respiratória. O vereador Soldado Prisco (PSDB), em contato com o Bocão News, declarou que ingressou com uma ação junto ao Ministério Público Estadual (MPE) para investigar as circunstâncias em que foram executados o TAF que resultou na morte do policial militar Manoel dos Reis Freitas Júnior, da 4ª CIPM,  e de Luciano Fiuza, após passarem mal durante o treinamento .”Alguém vai ter que pagar por essas mortes. Não vamos tolerar este tipo de tratamento. Queremos saber quem estava à frente do teste, se havia profissionais de educação física e porque não havia ambulância no local”, declarou Prisco. Além dos dois mortos, outros policiais também passaam mal após o treinamento. O caso mais grave é o do tenente Joserrise Mesquita de Barros Nascimento, que ainda corre risco de morte.

COMPARTILHE