“BEBETO GALVÃO” NÃO VÊ INCOERÊNCIA EM RECEBER DOAÇÃO DO PATRONATO

photo

A contradição em um sindicalista receber doação de empresa ligada ao patronato para campanha eleitoral não é incoerente na avaliação do socialista Bebeto Galvão. O presidente licenciado do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada (Sintepav) é candidato a deputado federal e ganhou R$ 50 mil da UTC Engenharia. Ao Bocão News, o sindicalista disse não ver problemas nesta situação e apontou para o caso de financiamento de campanha presidencial. “É incoerente uma empresa que presta serviço ao Estado financiar a campanha de Dilma? Por que não tem essa incoerência com eles e tem comigo?”, questionou Bebeto. Para ele, os sindicatos fazem parte da formulação e da afirmação de direito da sociedade. Desconexo, Bebeto finalizou afirmando que “não vejo nenhum tipo de incoerência”. A UTC Engenharia é apontada em um esquema de propina a políticos. A empresa foi delatada pelo ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, por fechar contrato com a estatal e pagar 3% de propina. Dos 14 doadores de sua campanha, Bebeto ainda recebeu do fundo partidário de Lídice da Mata R$ 6.440 mil e R$ 3,5 mil da Associação Cultural Casa D’Itália. As outras são pessoas físicas com agrados de até R$ 16 mil.

COMPARTILHE