BOMBEIROS ENCONTRAM DESTROÇOS DE AVIÃO QUE DESAPARECEU EM ILHÉUS

Destroços do avião bimotor que desapareceu depois de decolar do aeroporto de Ilhéus foram encontrados no final da noite desta terça-feira (25). Dois pescadores encontraram partes do avião na praia de Mar e Sol e comunicaram ao Corpo de Bombeiros. Uma equipe de resgate foi até o local e recolheu poltronas e outros objetos da aeronave. O local onde foram encontrados os destroços não estava sendo monitorado pelas equipes de buscas. Isso porque, segundo a TV Bahia, a praia de Mar e Sol fica fora da rota prevista para a aeronave. Ainda não se sabe se o avião desviou do caminho previsto no plano de voo e caiu ou se os destroços foram levados pela correnteza.

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e lanchas da Marinha já recomeçaram as buscas na manhã desta quarta (26). O avião pertencia a Bruno de Sá Martins de Araújo, porém, a Infraero ainda não sabe se ele pilotava no momento do acidente. A aeronave transportava o corpo de Carita de Souza Ramos, 61 anos, turista goiana que morreu em uma praia no distrito de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália, no sul baiano. O viúvo de Carita, José Nilton Ramos, 58 anos, e o piloto estavam no avião, que transportava o corpo para sepultamento em Brasília, onde a vítima morava. O enterro seria na tarde desta terça e foi cancelado.

Segundo a Aeronáutica, as buscas percorreram área de 312 km² e foram feitas por duas lanchas da Marinha, um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) e pelo Corpo de Bombeiros. O Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, chegou a ficar fechado por duas horas nessa tarde por conta das buscas. De acordo com a Infraero, o bimotor Sêneca EBM-810 estava com a documentação em dia.

(Correio)

 

COMPARTILHE