GOVERNO BAIANO VAI MONITORAR ANÚNCIOS DE FESTAS EM REDES SOCIAIS PARA PROIBIR REALIZAÇÃO
Foto: Fernando Vivas/GOV-BA

Foto: Fernando Vivas/GOV-BA

A fim de tentar impedir a realização de festas neste verão, o governo da Bahia pretende monitorar anúncios nas redes sociais. O governador Rui Costa (PT) anunciou, nesta quinta-feira (3), que determinou às secretarias da Saúde (Sesab) e da Segurança Pública (SSP) que montem uma estrutura conjunta para fazer esse rastreamento. “Pra qualquer bar, barraca que esteja chamando festa no mês de dezembro e no mês de janeiro, [que] a polícia atue presencialmente e faça a notificação desse ente comercial, avisando que não será permitido, e a polícia fará o bloqueio de entrada nesse estabelecimento”, declarou o governador em coletiva de imprensa para entrega de novas viaturas à Polícia Civil, no pátio da SSP, nesta manhã.

Rui afirmou que o decreto em vigor no estado, que autoriza a realização de eventos com até 200 pessoas, não se refere a festas, mas sim a eventos comerciais ou religiosos. “A vida humana é mais importante do que o faturamento nas festas (…), melhor ficar sem as festas de dezembro e janeiro do que ficar sem emprego, do que ficar sem trabalho, sem emprego pra sustentar suas famílias”, frisou o governador. Antes disso, ele já tinha alertado que a Bahia corre risco de enfrentar sua maior onda da Covid-19, caso o aumento de casos ativos não seja revertido. Dados da Sesab apontam novo surto em todo o território baiano.

COMPARTILHE