IBICOARA: PREFEITO ELEITO É ACUSADO DE COMPRAR VOTOS COM DINHEIRO FALSO

A denúncia foi feita pela a atual prefeita, Sandra Vidal do PC do B.

Tradição do passado que a modernidade ainda não conseguiu acabar, a compra de votos  em “currais eleitorais” do interior baiano geralmente é feita com sacos de cimento, telhas, dentaduras ou geladeiras de segunda mão. O que teria ocorrido em Ibicoara, na Chapada Diamantina, é algo insólito: os votos foram comprados na eleição de prefeito deste ano, com dinheiro falso e cheques pré-datados sem fundo. É o que denuncia a atual prefeita de Ibicoara, Sandra Regina Gomes Vidal (PCdoB), que perdeu a reeleição para Arnaldo Silva Pires (PSL) por uma diferença de  43 votos, conforme matéria publicada no jornal A Tarde desta terça-feira (4) que reproduzimos na íntegra. O procurador da prefeitura de  Ibicoara, José Edmar da Silva, ligado a Sandra, disse que foi chamado por 29 eleitores da zona rural do município, queixosos de terem vendido os votos para Pires em troca de cédulas falsas de R$ 100 e cheques sem fundo. Ele orientou os “prejudicados” a registrarem a denúncia em escritura pública, no Tabelionato de Notas da Comarca de Mucugê. Acredita que ao colaborarem para desvendar a suposta fraude, os eleitores podem escapar do processo por vender os votos. ( A Tarde)

COMPARTILHE