Jovem de 16 anos foi obrigada a se ajoelhar antes de ser executada em Irecê

jovemirece

A polícia está investigando três homicídios na cidade de Irecê, no Centro Norte da Bahia. Um deles aconteceu no último sábado (19), após a jovem Luiza Pereira Martins, de 16 anos, ser abordada por dois homens em uma moto, obrigada a se ajoelhar e logo em seguida ter tomado um tiro na cabeça. Oito dias antes, de acordo com a delegacia da Polícia Civil, o namorado dela, Glauberton Belé dos Santos, havia sido executado. Seu amigo, um rapaz de 19 anos, também morreu com as mesmas circunstâncias. “Tudo indica que os meninos eram o alvo, e ela foi a queima de arquivo porque sabia de tudo”, disse ao jornal Correio da Bahia uma funcionária da delegacia de Irecê. Os suspeitos dos crime ainda não foram identificados, e o motivo da discussão não foi divulgado pela delegacia de Irecê, que investiga os homicídios. (Varela)

COMPARTILHE