Mucuri: Irmãs são presas por torturar amante de marido; homem atraiu vítima

Duas irmãs foram presas em flagrante na última terça-feira (11) por espancar e torturar o marido de uma delas, no município de Mucuri. De acordo com o delegado Samuel Martins, que investiga o caso, o marido de uma das agressoras foi o pivô da situação, mas conseguiu fugir. Ele é suspeito de atrair a vítima para o local do crime. Segundo o G1, a polícia informou que a vítima foi espancada e torturada por cerca de 30 minutos, além de sofrer ameaça de ter os cabelos e as sobrancelhas raspados e pimenta jogada nas partes íntimas. “Ela [vítima] foi imobilizada, levou chutes, pontapés, e elas [as irmãs] jogaram pimentas nos ferimentos. A Polícia Militar chegou ao local após denúncia de vizinhos que ouviram os gritos da vítima. A situação poderia ter sido ainda mais grave caso a polícia não chegasse ao local”, informou o delegado. A vítima passa bem após atendimento em uma unidade de saúde. Ela contou à polícia que já mantinha um relacionamento de seis meses com o amante. O homem a teria convidado para um encontro no lugar habitual, mas foi surpreendida pelos três, que a abordaram e iniciaram as agressões. As autoras do crime tiveram os celulares apreendidos com imagens das agressões. “Elas ainda conseguiram apagar algumas coisas, enviei os celulares para a perícia técnica e aguardo o resultado”, afimrou Martins. As irmãs foram encaminhadas ao Conjunto Penal de Teixeira de Freitas.

COMPARTILHE