NOTA DE ESCLARECIMENTO: Ex-secretário de Saúde de Iaçu nega acusações de atual secretária

Foto: Reprodução

Exercendo o seu direito de resposta em virtude das graves acusações feitas pela atual Secretária de Saúde do Município de Iaçu, Erotildes Barbosa Almeida Neta,  Cristian Santana, um dos responsáveis pela gestão da saúde municipal durante a gestão 2013/2016 esclarece a reportagem veiculada no site Ubaitaba Urgente e classifica a mesma como infundada, irresponsável e oportunista (veja aqui).  “Jamais existiu uma emenda parlamentar para melhorias no Centro Obstétrico e Cirúrgico, e sim para compra de equipamentos para Postos de saúde do Município. A mesma foi devidamente utilizada”, destaca o ex secretário.  O ex gestor afirma que através destes recursos, foram adquiridos três veículos, para atender as necessidades da Secretaria de Saúde. Além disso, parte desses recursos foram utilizados para custeio de materiais destinados aos postos de saúde, conforme pode-se comprovar nas prestações de contas feitas ao TCM.  “Certamente, se existisse algum desvio de finalidade da verba, tais compras não teriam sido aprovadas pelo Governo Federal”, explica. Cristian também encarou com surpresa a alegação de supostos roubos e furtos de equipamentos no Hospital Municipal Valdir Medrado, uma vez que nenhuma queixa foi prestada na delegacia para apuração de eventual crime. “Apenas depois de 4 meses que assumiu a pasta, a secretaria vem denunciar furtos de materiais, sem sequer ter feito um boletim de ocorrência. Não há dúvida de que é uma forma de justificar a má prestação de serviço público de saúde para a comunidade iaçuense, e querer culpar injustamente a gestão anterior”, rebate. O ex-secretário de Saúde assegura que os equipamentos foram deixados em perfeito estado de funcionamento, inclusive feita prestação de contas durante o processo de transição de governo. Vale destacar que a Eleição de Iaçu está sub Judice. O mandato do atual prefeito Adelson de Souza foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral, com sob a acusação de fraude eleitoral. Com isso, o município está prestes a realizar novas eleições.

COMPARTILHE