Salvador: Mais de 70 pacientes da UPA do Cabula aguardam internação desde dezembro
Denúncia foi feita pela Defensoria | Foto: DP-BA

Denúncia foi feita pela Defensoria | Foto: DP-BA

A Defensoria Pública da Bahia (DP-BA) divulgou nesta segunda-feira (8) que cerca de 70 pessoas estão internadas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cabula, em Salvador, e aguardam regulação para hospitais desde o último mês de dezembro. Os dados foram apresentados pela instituição durante a reunião de avaliação do Carnaval realizada no Comando Geral da Polícia Militar da Bahia. Além das situações encontradas nas itinerância alguns casos relacionados às demandas de saúde pública tem chegado à sede do Plantão do Carnaval da DP-BA, na Rua Pedro Lessa, Canela. A defensora Mônica Aragão, coordenadora da área não penal no Plantão do Carnaval da Defensoria, através da mediação, conseguiu que algumas vagas de ortopedia fossem disponibilizadas no Hospital Agenor Paiva. Entre os assistidos, está um idoso de 66 anos que está internado no Hospital Menandro de Faria, desde o dia 10 de janeiro, com quadro insuficiência respiratória, anemia, insuficiência renal e sepse de provável origem respiratória. Ele precisa ser transferido com urgência para hospital que possua unidade de terapia intensiva com suporte em pneumologia, a fim de realizar tumografia computadorizada de tórax e avaliação por pneumologista. A Defensoria manteve contato com a Central de Regulação, que informou ter sido feito o pedido, mas até então, não havia vaga. A Defensoria ingressou com uma ação de obrigação de fazer contra a Secretaria da Saúde para garantir o direito do paciente idoso. Com informações do Bahia Noticias.

COMPARTILHE