SECRETÁRIO DE SAÚDE CRITICA LIVES DE CARNAVAL NO FIM DE SEMANA: ‘FALTA DE COMPAIXÃO’
Foto: Chayenne Guerreiro / Bahia.ba

Foto: Chayenne Guerreiro / Bahia.ba

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, criticou as lives feitas por artistas neste fim de semana para celebrar o Carnaval. Para o titular da Sesab, não há o que comemorar diante do agravamento da pandemia de Covid-19. Ainda segundo ele, as apresentações incentivam aglomerações em espaços fechados, o que favorece a contaminação pelo coronavírus.  “Eu critico por duas razões. Primeiro, é uma falta de compaixão com o sofrimento alheio. Segundo: ela [live] estimula reuniões em ambientes fechados. Ninguém assiste televisão ao ar livre. Alguém, em alguma sala, em algum apartamento, vai se reunir com várias pessoas, sem máscara, o que vai facilitar, infelizmente, a disseminação do vírus”, lamentou Vilas-Boas, em entrevista ao Bahia Notícias.

Na impossibilidade de haver Carnaval por causa da pandemia, artistas como Cláudia Leitte, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Bell Marques, Léo Santana, Xanddy e Tony Sales fizeram lives entre sexta e domingo, para marcar a data.  O secretário também criticou aglomerações registradas neste fim de semana, em festas particulares para celebrar a folia momesca. “Eu recebi vários vídeos de pessoas fazendo festas de Carnaval, vídeos de pessoas em escunas lotadas na Baía de Todos os Santos. Não tenho dúvidas que, daqui a uma semana, vai voltar a subir [o número de casos].

COMPARTILHE