Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Brasil: Oito PMs estão em estado grave após confronto em manifestação do MST no Planalto

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.szf7k6Q8-g

Policiais e manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) ficaram feridos ao entrarem em conflito na frente do Palácio do Planalto durante a marcha dos militantes sem-terra, realizada na tarde desta quarta-feira. Ao todo, cerca de 15 mil pessoas participaram da marcha. Segundo informações do jornal O Globo, a Polícia Militar informou que 30 policiais ficaram feridos, sendo que oito apresentam estado grave.

Três manifestantes do MST também se feriram. Durante o confronto, os militantes lançaram martelos, paus e pedras portuguesas arrancadas do chão da Praça dos Três Poderes em direção aos PMs, que revidaram com bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha. Ainda segundo O Globo, o enfrentamento começou por volta das 16h10, quando militante quebraram o portão de ferro, furando o bloqueio de seguranças do prédio do Supremo Tribunal Federal (STF).

A sessão que ocorria no STF, um julgamento de processo de paternidade presidido pelo ministro Ricardo Lewandowski, chegou a ser interrompida antes, devido a ameaça de invasão por manifestantes. Para o comandante de policiamento regional metropolitano da Polícia Militar, coronel Florisvaldo Ferreira César, grupos infiltrados entre os sem-terra começaram a agressão contra os policiais.

Um dos  militantes,m conhecido como “Joba”, foi preso por agredir um policial no rosto. Uma reunião com a presidente Dilma foi marcado para esta quinta-feira, às 16h, pelo ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, que foi ao encontro dos manifestantes.

Fonte: Bahia Noticias

COMPARTILHE

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

1 comentário
  1. Cardim Diz

    Cadê a seriedade do Gov. Fed., seus deputados e senadores do PT, que antigamente faziam estas mesmas manifestações, tentando combater as injustiças no nosso país?

Deixe uma resposta

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do UBAITABA URGENTE. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.